O Campeonato Paulista de Duplas 2023 é um dos maiores eventos estaduais do boliche nacional, organizado e promovido pela Federação Paulista de Boliche.

As disputas ocorreram nas pistas do Villa Bowling do Shopping West Plaza nos dias 3, 4, 17 e 18 de junho de 2023.

Foram 54 participantes distribuídos em três divisões com 9 duplas em cada uma, formadas por 39 homens (2 reservas) e 17 mulheres.

Foram jogadas 972 partidas em três rodadas de seis partidas cada para definir quem subiria no pódio.

A programação inicial era de 1.296 partidas em quatro rodadas porém, no último dia, um problema grave na máquina condicionadora das pistas obrigou o encerramento precoce do campeonato.

CLIQUE AQUI E VEJA OS RESULTADOS COMPLETOS

RIBEIRÃO BOWLING CLUB
ESPORTE CLUBE PINHEIROS
TIGER BOLICHE CLUBE

FPBOL SOLIDÁRIA

Novamente os participantes do campeonato promovido pela Federação Paulista de Boliche foram solidários com os mais necessitados.

Durante as rodadas foram arrecadas doações de Produtos Alimentícios não perecíveis, os quais foram encaminhados para a Associação Beneficente Guilhermina Maria de Jesus, que acolhe pessoas em situação de vulnerabilidade.

Além dos alimentos, foram recolhidos Lacres de Alumínio que foram doados ao Instituto EntreRodas, o qual distribui cadeiras de rodas gratuitamente e, também, Tampinhas Plásticas que foram doados ao Instituto Amor Rosa, o qual ajuda mulheres com câncer.

O ANIVERSARIANTE DO EVENTO

Gilberto Santoro, atual Vice-Presidente da Federação Paulista de Boliche, fundador e mantenedor do Clube Ribeirão, fez aniversário no dia 15 de junho e recebeu os amigos num jantar comemorativo.

A homenagem teve a ilustre presença de José Carlos Marin, ex-presidente da FPBOL.

Gilberto Santoro

QUEM SUBIU NO PÓDIO

A dupla do Clube Ribeirão, William Hideki & Eduardo Issa, venceu a 1.ª Divisão, formada pelos atletas com as maiores médias no ato da inscrição, conforme o Ranking Paulista de Médias.

Hideki e Issa conseguiram a ótima média de 416,22 nas 18 partidas disputadas inclusive, coincidentemente, terminaram empatados no All Events Individual, ambos com 3.746 pinos derrubados e média de 208,11.

A maior partida dessa divisão (472) , no entanto, foi da dupla do Clube Tiger, Wagner Koga (258) e Nilson Diniz (214), conseguida na 15.ª linha na 3.ª rodada.

A 2.ª Divisão com médias intermediárias, conforme critério do primeiro parágrafo, foi vencida pela dupla do Clube Pinheiros formada por Júlia Paschoal & Gianfranco Diéguez.

A maior partida dessa divisão (441) foi da dupla do Clube Ribeirão, formada por Celso Barata (231) e Oswaldo Iervolino (210), conseguida na 4.ª linha da 1.ª rodada.

A 3.ª Divisão com médias menores, conforme o critério descrito no primeiro parágrafo, foi vencida pela dupla do Clube Pinheiros, formada por Nestor Dieguez & Paulo Costa Filho.

A maior partida dessa divisão (417) foi da dupla do Clube Tiger, formada por Douglas Crepaldi (223) e Inês Yamaguti (194), conseguida na 17.ª linha da 3.ª rodada.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

DUPLAS – 1.ª DIVISÃO
posição, duplas (CLUBE), total de pinos, média

OURO. William Hideki (RIBEIRÃO) & Eduardo Issa (RIBEIRÃO) – 7492 – 416,22

PRATA. Renan Zoghaib (PINHEIROS) & Ester Diniz (TIGER) – 7013 – 389,61

BRONZE. Nilson Diniz (TIGER) & Wagner Koga (TIGER) – 6904 – 383,56

4. Felipe Rezende (PINHEIROS) & Nilson Wada (PINHEIROS) – 6773 – 376,28

5. Mauro Sato (RIBEIRÃO) & Airton Fukumoto (RIBEIRÃO) – 6705 – 372,5

6. Mario Farias (RIBEIRÃO) & Cristian Poveda (RIBEIRÃO) – 6682 – 371,22

7. Roseli Santos (RIBEIRÃO) & Coca Camargo (RIBEIRÃO) – 6388 – 354,89

8. Massao Teruya (RIBEIRÃO) & Renato Kim (RIBEIRÃO) – 6193 – 344,06

9. Dê Luqueti (RIBEIRÃO) & Maria Diniz (TIGER) – 5997 – 333,17

Maior Linha (472) de Nilson Diniz (TIGER) & Wagner Koga (TIGER)

(e-d) Ester Diniz, Eduardo Issa, William Hideki, Wagner Koga, Nilson Diniz

DUPLAS – 2.ª DIVISÃO
posição, duplas (CLUBES), total de pinos, média

OURO. Gianfranco Dieguez (PINHEIROS) & Júlia Paschoal (PINHEIROS) – 6436 – 357,56

PRATA. Marcio Rossato (TIGER) & Wiliam Kanegae (TIGER) – 6427 – 357,06

BRONZE. Celso Barata (RIBEIRÃO) & Oswaldo Iervolino (RIBEIRÃO) – 6399 – 355,5

4. Joni Arata (RIBEIRÃO) & Geovani Ruvieri (RIBEIRÃO) – 6335 – 351,94

5. Cleo Duarte (RIBEIRÃO) & Paula Duarte (RIBEIRÃO) – 6033 – 335,17

6. Márcio Paschoal (PINHEIROS) & Mauricio Pladevall (PINHEIROS) – 5909 – 328,28

7. Arthur Kim (RIBEIRÃO) & Elisa Kim (RIBEIRÃO) – 5810 – 322,78

8. Eder Cruz (RIBEIRÃO) & Gilberto Santoro (RIBEIRÃO) & Maurício Honda/R (RIBEIRÃO) – 5795 – 321,94

9. Stephanie Martins (PINHEIROS) & Roberta Capistrano (PINHEIROS) – 5667 – 314,83

Maior Linha (441) de Celso Barata (RIBEIRÃO) & Oswaldo Iervolino (RIBEIRÃO)

(e-d) Celso Barata, Oswaldo Iervolino, Gianfranco Diéguez, Júlia Paschoal, Márcio Rossato, William Kanegae

DUPLAS 3.ª DIVISÃO
posição, duplas (CLUBE), total de pinos, média

OURO. Nestor Dieguez (PINHEIROS) & Paulo Costa Filho (PINHEIROS) – 5830 – 323,89

PRATA. Rodolfo Carneiro (RIBEIRÃO) & Guilherme Farias (RIBEIRÃO) – 5684 – 315,78

BRONZE. Douglas Crepaldi (TIGER) & Inês Yamaguti (TIGER) – 5591 – 310,61

4. Attilio Zeri (TIGER) & Johan Sassaki (TIGER) – 5568 – 309,33

5. Carlos Thur (TIGER) & Antonio Seiji (TIGER) – 5554 – 308,56

6. Heloisa Peixoto (PINHEIROS) & Mariana Calmon (PINHEIROS) – 5341 – 296,72

7. José Sayão (TIGER) & Nelson Leite (Friends) & Paulo José Chibly (TIGER) – 4982 – 276,78

8. Monica Gasparini (PINHEIROS) & Denise Teuber (PINHEIROS) – 4950 – 275

9. Maria Isabel (PINHEIROS) & Telma Buckup (PINHEIROS) – 4712 – 261,78

Maior Linha (417) de Douglas Crepaldi (TIGER) & Inês Yamaguti (TIGER)

(e-d) Guilherme Farias, Nestor Diéguez, Paulo Costa FIlho, Rodolfo Carneiro

ALL EVENTS INDIVIDUAL

1.ª DIVISÃO – ALL EVENTS MASCULINO
posição, atleta (CLUBE) total de pinos, média

OURO. William Hideki (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3746 – 208,11

PRATA. Eduardo Issa (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3746 – 208,11

BRONZE. Nilson Wada (PINHEIROS) 18 linhas – 3700 – 205,56

4. Renan Zoghaib (PINHEIROS) 18 linhas – 3671 – 203,94

5. Wagner Koga (TIGER) 18 linhas – 3615 – 200,83

6. Gianfranco Dieguez (PINHEIROS) 18 linhas – 3521 – 195,61

7. Mauro Sato (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3338 – 185,44

8. Celso Barata (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3329 – 184,94

9. Nilson Diniz (TIGER) 18 linhas – 3289 – 182,72

10. Mario Farias (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3279 – 182,17

11. Felipe Rezende (PINHEIROS) 18 linhas – 3073 – 170,72

12. Renato Kim (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3046 – 169,22

Maior Linha (267) de William Hideki (RIBEIRÃO)

(e-d) Eduardo Issa, William Hideki, Nilson Wada

2.ª DIVISÃO – ALL EVENTS MASCULINO
posição, atleta (CLUBE) total de pinos, média

OURO. Cristian Poveda (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3403 – 189,06

PRATA. Airton Fukumoto (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3367 – 187,06

BRONZE. Marcio Rossato (TIGER) 18 linhas – 3282 – 182,33

4. Cleo Duarte (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3236 – 179,78

5. Joni Arata (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3176 – 176,44

6. Geovani Ruvieri (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3159 – 175,50

7. Massao Teruya (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3147 – 174,83

8. Wiliam Kanegae (TIGER) 18 linhas – 3145 – 174,72

9. Eder Cruz (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3081 – 171,17

10. Márcio Paschoal (PINHEIROS) 18 linhas – 3054 – 169,67

11. Arthur Kim (RIBEIRÃO) 18 linhas – 2940 – 163,33

12. Maurício Honda/R  (TIGER) 12 linhas – 1773 – 147,75

13. Gilberto Santoro (RIBEIRÃO) 6 linhas – 941 – 156,83

Maior Linha (256) de Cléo Duarte (RIBEIRÃO)

(e-d) Márcio Rossato, Cristian Poveda, Airton Fukumoto

3.ª DIVISÃO – ALL EVENTS MASCULINO
posição, atleta (CLUBE) total de pinos, média

OURO. Oswaldo Iervolino (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3070 – 170,56

PRATA. Nestor Dieguez (PINHEIROS) 18 linhas – 2985 – 165,83

BRONZE. Antonio Seiji (TIGER) 18 linhas – 2945 – 163,61

4. Guilherme Farias (RIBEIRÃO) 18 linhas – 2895 – 160,83

5. Johan Sassaki (TIGER) 18 linhas – 2886 – 160,33

6. Mauricio Pladevall (PINHEIROS) 18 linhas – 2855 – 158,61

7. Paulo Costa FIlho (PINHEIROS) 18 linhas – 2845 – 158,06

8. Douglas Crepaldi (TIGER) 18 linhas – 2837 – 157,61

9. Rodolfo Carneiro (RIBEIRÃO) 18 linhas – 2789 – 154,94

10. Attilio Zeri (TIGER) 18 linhas – 2682 – 149,00

11. José Sayão (TIGER) 18 linhas – 2648 – 147,11

12. Carlos Thur (TIGER) 18 linhas – 2609 – 144,94

13. Nelson Leite (FRIENDS) 12 linhas – 1518 – 126,50

14. Paulo José Chibly/R  (TIGER) 6 linhas – 816 – 136,00

Maior Linha (223) de Douglas Crepaldi (TIGER)

(e-d) Antonio Seiji, Oswaldo Iervolino, Nestor Diéguez

1.ª DIVISÃO – ALL EVENTS FEMININO
posição, atleta (CLUBE) total de pinos, média

OURO. Ester Diniz (TIGER) 18 linhas – 3342 – 185,67

PRATA. Stephanie Martins (PINHEIROS) 18 linhas – 3330 – 185,00

BRONZE. Roseli Santos (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3318 – 184,33

4. Coca Camargo (RIBEIRÃO) 18 linhas – 3070 – 170,56

5. Maria Diniz (TIGER) 18 linhas – 3012 – 167,33

6. Dê Luqueti (RIBEIRÃO) 18 linhas – 2985 – 165,83

7. Elisa Kim (RIBEIRÃO) 18 linhas – 2870 – 159,44

8. Inês Yamaguti (TIGER) 18 linhas – 2754 – 153,00

Maior Linha (266) de Stephanie Martins (PINHEIROS)

(e-d) Roseli Santos, Ester Diniz, Stephanie Martins

2.ª DIVISÃO – ALL EVENTS FEMININO
posição, atleta (CLUBE) total de pinos, média

OURO. Júlia Paschoal (PINHEIROS) 18 linhas – 2915 – 161,94

PRATA. Paula Duarte (RIBEIRÃO) 18 linhas – 2797 – 155,39

BRONZE. Heloisa Peixoto (PINHEIROS) 18 linhas – 2692 – 149,56

4. Monica Gasparini (PINHEIROS) 18 linhas – 2669 – 148,28

5. Mariana Calmon (PINHEIROS) 18 linhas – 2649 – 147,17

6. Maria Isabel (PINHEIROS) 18 linhas – 2428 – 134,89

7. Roberta Capistrano (PINHEIROS) 18 linhas – 2337 – 129,83

8. Telma Buckup (PINHEIROS) 18 linhas – 2284 – 126,89

9. Denise Teuber (PINHEIROS) 18 linhas – 2281 – 126,72

Maior Linha (223) de Paula Duarte (RIBEIRÃO)

Julia Paschoal e Heloisa Peixoto

O PLANILHAMENTO DOS DADOS

Novamente foi utilizada a parceria com o site da Confederação Boliche Brasil na computação dos dados.

O Sistema SGE (Sistema de Gerenciamento Esportivo) é uma plataforma de dados montada pela Big Mídia, que oferece resultados ao vivo de competições esportivas.


A FPBOL

A FPBOL – Federação Paulista de Boliche tem autoridade legal para cumprir e fazer cumprir todos os atos de poderes ou órgãos de hierarquias superiores da administração desse esporte.

A entidade estadual paulista foi fundada em 14 de janeiro de 1986, com o propósito de administrar o esporte boliche.

O escopo básico desta Federação é, portanto, difundir e incentivar a prática e o ensino do Boliche no Estado de São Paulo.

A FPBOL é filiada ao Boliche Brasil, a Confederação Brasileira de Boliche.

Confederação Boliche Brasil foi fundada em 1.° de dezembro de 1993, logo após o desmembramento da modalidade da Confederação Brasileira de Desportos Terrestres.

Boliche Brasil é reconhecida e vinculada ao COB – Comitê Olímpico Brasileiro,
e também filiada às seguintes entidades a saber:
IBF – Federação Internacional de Boliche
PABCON – Pan American Bowling Confederation
CSB – Confederación Sudamericana de Bowling
CIByB – Confederación Iberoamericana de Bowling y Bolos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *