16 de agosto de 2022

boliche.com.br

O mais completo desde abril de 1998

RAIO-X DAS SELETIVAS BOLICHE BRASIL 2022

4 min read
Seletivas 2022

Nesta quarta-feira, 1.º de junho, terminaram nas dependências do boliche Social Club do Shopping Aerotown Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, os jogos eliminatórios para a formação das seleções brasileiras de boliche 2022.-

Conforme o Regulamento do evento, foram selecionados os seguintes atletas:
> Marcelo Suartz inscrito na Federação Catarinense (Clube Dartora);
> Bruno Costa inscrito na Federação Mineira (Clube Fluminense);
> Roberta Rodrigues inscrita na Federação Paulista (Clube Pinheiros);
> Stephanie Martins inscrita na Federação Paulista (Clube Pinheiros).

(e-d) Marcelo Suartz, Stephanie Martins, Roberta Rodrigues, Bruno Costa

Os quatro selecionados estão aptos para disputar o campeonato Pan-Americano Campeão dos Campeões 2022 na cidade do Rio de Janeiro e os jogos ODESUR que serão disputados em outubro no Paraguai (caso haja confirmação por parte do COB da participação de ambas as seleções).

Para a seleção feminina que disputará o Pan-Americano Feminino de 2022 serão consideradas as seis primeiras colocadas nesta seletiva.

CLASSIFICAÇÃO FINAL

DIVISÃO MASCULINA

A maior média do evento nas 40 linhas jogadas (206,40) foi de Marcelo Suartz, que liderou em 3 dos 8 condicionamentos aplicados nas pistas (patterns México City 43″, Melbourne 37″ e Montrel 41″).

A segunda maior média do evento (202,68) foi de Bruno Costa, que liderou em 2 dos 8 condicionamentos (Stockholm 36″ e Tokyo 42″).

Na 26.ª linha das 40 que jogou o mineiro Bruno, que joga pela Federação Fluminense, fez uma partida perfeita (300), após doze strikes consecutivos na mesma linha.

Veja como foram os dois últimos strikes dos doze necessários para uma partida perfeita, num vídeo gravado por Jair Dartora:

Foi a 61.ª partida perfeita (300) homologada pela Confederação Boliche Brasil e foi o segundo 300 do Bruno. O primeiro foi na Taça São Paulo em 2014.

Clique aqui e veja os recordes brasileiros homologados pela Confederação Boliche Brasil.

John Júnior da Federação Fluminense, liderou na primeira rodada (pattern Beijing 39″) mas acabou se contundindo e jogou apenas 15 das 40 linhas.

Os outros líderes de rodada foram Rodrigo Marques (pattern Los Angeles 38″) e Júlio Mattos (pattern London 44″).

DIVISÃO FEMININA

(e-d) Stephanie Martins, Ester Diniz, Luiza Rocha, Lúcia Vieira, Dayse Silva, Roberta Rodrigues, Mariane Almeida, Thais Miyuki

Na divisão feminina a liderança inconteste foi da paulista Roberta Rodrigues, do Clube Pinheiros, desde a primeira rodada.

Roberta liderou com folga em 7 dos 8 condicionamentos, ficando na 3.ª posição apenas no pattern Melbourne 37″, fechando as 40 linhas com 192,03 de média.

A segunda vaga feminina ficou com outra paulista, Stephanie Martins, também do Clube Pinheiros, que foi vice-líder em 4 dos 8 condicionamentos (Stockholm 36″, Tokyo 42″, Montreal 41″ e London 44″), fechando com 182,45 de média.

Ester Diniz, paulista do Clube Tiger, liderou no pattern Melbourne 37″ e terminou na 4.ª posição.

Stephanie Martins & Roberta Rodrigues
Clube Pinheiros (SP)

(fotos por Stephanie Rodrigues)

RAIO-X: COMO FOI O DESEMPENHO DOS 22 PARTICIPANTES

Clique aqui e veja como foi o desempenho detalhado de cada participante, diretamente do site da Confederação Boliche Brasil.

1.º pattern Beijing 39″


2.º pattern Los Angeles 38″


3.º pattern Mexico City 43″


4.º pattern Stockholm 36″


5.º pattern Melbourne 37″


6.º pattern Tokyo 42″


7.º pattern Montreal 41″


8.º pattern London 44″

Inscritas

1. Dayse Silva (PA)
2. Ester Diniz (SP)
3. Lucia Vieira (RJ)
4. Luiza Rocha (DF)
5. Mariane Almeida (RJ)
6. Roberta Rodrigues (SP)
7. Stephanie Martins (SP)
8. Thais Miyuki (DF)

Inscritos

1. Adilson Balthazar (RJ)
2. Bruno Costa (RJ)
3. Flávio Castellões (RJ)
4. Gianfranco Dieguez (SP)
5. Jair Dartora (SC)
6. John Junior (RJ)
7. João Vitor Dartora (SC)
8. Júlio Mattos (RJ)
9. Marcelo Suartz (SC)
10. Márcio Vieira (RJ)
11. Nilson Diniz (SP)
12. Rodrigo Marques (MS)
13. Rogerio Bachi (SC)
14. Tom Santos (PE)

REGULAMENTO DOS JOGOS ELIMINATÓRIOS PARA A SELETIVA NACIONAL 2022

Os Jogos Eliminatórios serviram de base para a formação das seleções adultas, masculina e feminina, para o ano de 2022.

• Foram selecionados os dois primeiros colocados e as duas primeiras colocadas para integrarem a seleção que disputará o campeonato Pan-Americano Campeão dos Campeões 2022 na cidade do Rio de Janeiro e os jogos ODESUR que serão disputados em outubro no Paraguai (caso haja confirmação por parte do COB da participação de ambas as seleções).

• Para a seleção feminina que disputará o Pan-Americano Feminino de 2022 serão consideradas as seis primeiras colocadas nesta seletiva.

Datas e local de disputa

Todos os eventos foram realizados dia 28/05, 29/05, 30/05, 31/05 e 01/06 de 2022, nas dependências do boliche Social Club, localizado no Shopping Aerotown Barra da Tijuca, Rio de Janeiro-RJ.

Forma de disputa

Os jogos eliminatórios foram disputados em 40 partidas, divididas da seguinte forma:

28 e 29 de maio (sábado e domingo)
• 1º turno, com início às 8h → 5 partidas, sendo 2 jogadores por pista.

30 e 31 de maio e 1.º de junho (segunda, terça e quarta)
• 1º turno, com início às 8h → 5 partidas, sendo 2 jogadores por pista.
• 2º turno, com início previsto para às 13:30h → 5 partidas, sendo 2 jogadores por pista.

As divisões masculina e feminina jogaram agrupadas entre si.

Ao final das 8 (oito) rodadas, os 2 primeiros atletas masculinos e femininos mais bem colocados no all-events estarão automaticamente convocados para a Seleção Brasileira conforme descrito acima.

O(s) jogador(es) que não jogar(em) todas as 40 partidas será(ão) automaticamente desclassificado(s).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.