27 de janeiro de 2021

boliche.com.br

O mais completo desde abril de 1998

OS 24 MELHORES DA COPA MUNDIAL 2015

5 min read
Os 24 melhores da Copa Mundial

 IGOR PIZZOLI, O BRASILEIRO NA COPA MUNDIAL

Faltando pouco para o meio-dia, terminou a fase classificatória masculina da 51st QubicaAMF Bowling World Cup, aqui em Las Vegas, Nevada, Estados Unidos.

O representante brasileiro, Igor Pizzoli, ficou aquém de seu potencial técnico e experiência.

Foram três dias classificatórios, oito partidas em cada um, pra se conhecer os 24 melhores que prosseguem na disputa pelo título mundial.

No domingo Igor fez sua menor série com 1.507 pontos (média de 188,37), conseguindo apenas uma partida acima de 200 pontos, 205 no oitavo e último game.

Igor começou com 192, depois 185, 190, 195, 187, 172, 181 e 205.

Na segunda-feira começou animado com 215, depois 195 e 204, porém a quarta linha de 168 travou a recuperação.

Aí ele fez 182, 200, 188 e fechou com um desastroso 158. Totalizou 1.510 pontos, apenas três a mais que no primeiro dia (média de 188,75).

Nesta terça-feira começou tropeçando num 157, depois fez 192 e a menor linha da sua fase (154), seguida ironicamente da sua maior linha nesse evento (234).

Ainda patinou na quinta linha (174), mas deslanchou nas três derradeiras, 217, 206 e 203. O total do dia foi 1.537 pontos e média de 192,12.

Nas 24 linhas Igor bateu 4.554 pontos e média de 189,75.

OS 24 MELHORES QUE SEGUEM NA DISPUTA

Nesta quarta-feira a partir das 9h da manhã aqui em Las Vegas (15h no Brasil) rolam mais oito partidas, carregando os pontos conquistados nas 24 primeiras.

Então os oito melhores disputam o round robin amanhã,quinta-feira, também a partir das 9h.

Os três melhores disputam as finais a partir das 12h30 daqui (18h30 no Brasil).

O sul-africano François Low liderou com folga de quase 100 pinos sobre o norte-americano Kamron Doyle.

Os 24 jogadores que prosseguem na disputa do título são:

(Posição, Nome, País, Total, Diferença para o 24.º e para o 8.º)

1 – Francois Louw – África do Sul – 5351 – 222.96 – 471 – 244
2 – Kamron Doyle – Estados Unidos – 5256 – 219.00 – 376 – 149
3 – Siu Hong Wu – Hong Kong – 5218 – 217.42 – 338 – 111
4 – Muhammad Jaris Goh – Singapura – 5201 – 216.71 – 321 – 94
5 – Paul Stott Jr – Irlanda – 5179 – 215.79 – 299 – 72
6 – Alexei Parshukov – Rússia – 5166 – 215.25 – 286 – 59
7 – Bjorn Einar Rudshagen – Noruega – 5125 – 213.54 – 245 – 18
8 – Engelberto “Biboy” Rivera – Filipinas – 5107 – 212.79 – 227 – 0
9 – David Maycock – Bermuda – 5103 – 212.63 – 223 – -4
10 – Tomoyuki Sasaki – Japão – 5087 – 211.96 – 207 – -20
11 – Ildemaro Ruiz Jr – Venezuela – 5082 – 211.75 – 202 – -25

12 – Markus Jansson – Suécia – 5011 – 208.79 – 131 – -96
13 – Prince Mohamed Al Saud – Arábia Saudita – 5007 – 208.63 – 127 – -100
14 – Ryan Leonard Lalisang – Indonésia – 5005 – 208.54 – 125 – -102
15 – Michael Little – Austrália – 4990 – 207.92 – 110 – -117
16 – Oron Cohen – Israel – 4962 – 206.75 – 82 – -145
17 – Sam Rose – Inglaterra – 4943 – 205.96 – 63 – -164
18 – Romeo Gagenoiu – Romênia – 4938 – 205.75 – 58 – -169
19 – Luboslav Jurinyi – Eslováquia – 4905 – 204.38 – 25 – -202
20 – Nicola Pongolini – Itália – 4903 – 204.29 – 23 – -204
21 – Benjamin Martinez – México – 4893 – 203.88 – 13 – -214
22 – Kim Bolleby – Tailândia – 4885 – 203.54 – 5 – -222
23 – Muhammad Rafiq Ismail – Malásia – 4884 – 203.50 – 4 – -223
24 – Mike Bartaire – França – 4880 – 203.33 – 0 – -227

Os 62 jogadores que ficaram foram da disputa foram:

25 – Patrick Meka – Holanda – 4868 – 202.83 – -12 – -239
26 – Dmitri Chilkine – Belarus – 4861 – 202.54 – -19 – -246
27 – Hafthor Hardarson – Islândia – 4859 – 202.46 – -21 – -248
28 – Jean-Marc Samain – Bélgica – 4853 – 202.21 – -27 – -254
29 – Marco Moretti – Costa Rica – 4824 – 201.00 – -56 – -283
30 – Balint Luczek – Hungria – 4809 – 200.38 – -71 – -298
30 – Shaker Ali Al Hassan – Emirados Árabes – 4809 – 200.38 – -71 – -298
32 – Daniel Vezis – Letônia – 4796 – 199.83 – -84 – -311
33 – Vladislav Yalovega – Ucrânia – 4780 – 199.17 – -100 – -327
34 – Konstantinos Xagoraris – Grécia – 4776 – 199.00 – -104 – -331
35 – James Footner – País de Gales – 4760 – 198.33 – -120 – -347
36 – Axel Guimo – Catalunha – 4752 – 198.00 – -128 – -355
37 – Olari Nebokat – Estônia – 4748 – 197.83 – -132 – -359
38 – Jean-Francois Gorley – Canadá – 4747 – 197.79 – -133 – -360
39 – Joonas Jehkinen – Finlândia – 4730 – 197.08 – -150 – -377
40 – Paulo Lopes – Portugal – 4725 – 196.88 – -155 – -382
40 – Mark McQueen – Escócia – 4725 – 196.88 – -155 – -382

42 – Wei Yang – China – 4713 – 196.38 – -167 – -394
43 – Jay Leon Guerrero – Guam – 4705 – 196.04 – -175 – -402
44 – Manino Fernandez – Rep. Dominicana – 4700 – 195.83 – -180 – -407
45 – Sven Garbotz – Alemanha – 4694 – 195.58 – -186 – -413
46 – Zoe Dias Ma – Macau – 4683 – 195.13 – -197 – -424
47 – Tomasz Janicki – Polônia – 4665 – 194.38 – -215 – -442
48 – Kestutis Gudauskas – Lituânia – 4658 – 194.08 – -222 – -449
49 – Mubarak Al Muraikhi – Qatar – 4654 – 193.92 – -226 – -453
50 – Jozko Hlede – Eslovênia – 4635 – 193.13 – -245 – -472
50 – Lorenzo Quereda Ferre – Espanha – 4635 – 193.13 – -245 – -472
52 – William Nimick – Irlanda do Norte – 4561 – 190.04 – -319 – -546

53 – Igor Pizzoli – Brasil – 4554 – 189.75 – -326 – -553

54 – Kwan Harn-Chieh – Suiça – 4552 – 189.67 – -328 – -555
55 – Dhruv Sarda – India – 4550 – 189.58 – -330 – -557
55 – Jean Perez – Porto Rico – 4550 – 189.58 – -330 – -557
57 – Julio Acosta – El Salvador – 4508 – 187.83 – -372 – -599
58 – Mise Mrkonjic – Croácia – 4476 – 186.50 – -404 – -631
59 – Jiri Uhlir – Rep. Checa – 4429 – 184.54 – -451 – -678
60 – Mario Lemos – Equador – 4427 – 184.46 – -453 – -680
61 – Steeve Thia Song Fat – Maurício – 4419 – 184.13 – -461 – -688
62 – Nathan Jarvis – Jersey – 4417 – 184.04 – -463 – -690
63 – Michael Wood – Gibraltar – 4415 – 183.96 – -465 – -692
64 – Zane Carlson – Nova Zelândia – 4406 – 183.58 – -474 – -701
65 – Tiago Pontes – Açores – 4398 – 183.25 – -482 – -709
66 – Joseph Cona – Nova Caledônia – 4397 – 183.21 – -483 – -710
67 – Ammar Yamin – Jordânia – 4381 – 182.54 – -499 – -726
68 – Alan Lorenz – Curaçao – 4365 – 181.88 – -515 – -742
69 – Alexis Moreno – Panamá – 4363 – 181.79 – -517 – -744

70 – David Johnson – Ilhas Virgens – 4308 – 179.50 – -572 – -799
71 – Kaloyan Ivanov – Bulgária – 4303 – 179.29 – -577 – -804
72 – Arifov Bakhodir – Uzbequistão – 4297 – 179.04 – -583 – -810
73 – Frederic Barre – Reunião – 4268 – 177.83 – -612 – -839
74 – Enkhbayar Enkhkbold – Mongólia – 4237 – 176.54 – -643 – -870
75 – Zerezghi O Haile – Eritrea – 4233 – 176.38 – -647 – -874
76 – Ijaz Ur Rehman – Paquistão – 4173 – 173.88 – -707 – -934
77 – Mirsad Sejdiu – Kosovo – 4103 – 170.96 – -777 – -1004
78 – Shant Panos Tomassian – Iraque – 4074 – 169.75 – -806 – -1033
79 – Maurice Talane – Guiana Francesa – 4059 – 169.13 – -821 – -1048
80 – Djene Hailemariam Yimer – Etiópia – 4006 – 166.92 – -874 – -1101
81 – Bryan Helmeyer – Aruba – 4000 – 166.67 – -880 – -1107
82 – Kenrick Brathwaite – Bahamas – 3989 – 166.21 – -891 – -1118
83 – Farid Ghobrial – Egito – 3943 – 164.29 – -937 – -1164
84 – Khaled Meziou – Tunísia – 3874 – 161.42 – -1006 – -1233
85 – Zvonko Volchevski – Macedônia – 3834 – 159.75 – -1046 – -1273
86 – Redha El Fezzani – Líbia – 3625 – 151.04 – -1255 – -1482

COPA MUNDIAL 2015

A 51.ª edição do maior evento internacional de Boliche está sendo realizada no Sam´s Town Hotel and Gambling Hall, em Las Vegas, Nevada, Estados Unidos.

No total serão 156 jogadores de 88 países, 86 homens e 70 mulheres, disputando o título mundial.

Dois países enviaram somente as representantes femininas (Colômbia e Martinica).

Dezoito países serão representados apenas por homens (Arábia Saudita, China, Eritreia, Etiópia, Guiana Francesa, Gibraltar, Grécia, Guam, Índia, Indonésia, Iraque, Kosovo, Letônia, Líbia, Macedônia, Qatar, Tailândia e Usbequistão).

A COPA MUNDIAL EM LAS VEGAS PELA SEGUNDA VEZ

A 51.ª edição deste grande torneio internacional de boliche acontece pela segunda na fabulosa cidade de Las Vegas, Nevada nos Estados Unidos.

A primeira edição aconteceu em 1999 e também foi disputada no mesmo Centro de Boliche, o Sam’s Town Cassino,
Hotel e Boliche.

Em 1999 os representantes brasileiros foram Lúcia Vieira e Walter Costa.

Começou a Copa Mundial

COPA MUNDIAL DE BOLICHE QUBICAAMF

QubicaAMF Worldwide é a fundadora, organizadora e principal patrocinadora da
Copa Mundial de Boliche (QubicaAMF Bowling World Cup).

Informações sobre o QubicaAMF Bowling World Cup, incluindo arquivos e boletins estão no site www.qubicaamf.com

QubicaAMF Worldwide é uma das maiores empresas de boliche no mundo,
com sede mundial em Richmond, no Estado de Virginia (EUA) e sede européia em Bolonha, Itália.

O MAIOR EVENTO ESPORTIVO DO MUNDO

A Copa Mundial de Boliche QubicaAMF é o maior evento esportivo mundial do ano,
em termos de número de países participantes.

A ideia surgiu no departamento marketing da, então, empresa AMF,  que sugeriu e incentivou a organização de um evento de Boliche que tivesse a participação de jogadores de vários países.

Então foi criada a International Masters Championship, cuja primeira edição aconteceu em Dublin, Irlanda do Norte, no ano de 1965.

O nome foi alterado para AMF World Cup em 1969.

Teve nova alteração para QubicaAMF Bowling World Cup em 2005,
com a associação da Qubica à AMF, permanecendo com essa denominação até hoje.

Individualmente o maior vencedor é o canhoto filipino Paeng Nepomuceno
que ganhou em 1976, 1980, 1992 e 1996.

Paeng também é o jogador que fez mais finais até hoje: 9 vezes.

Suas conquistas estão registradas no Guinness – Livro dos Recordes Mundiais.

O primeiro 300 masculino foi em 1994, em Hermosillo (México)
e o segundo em 1995 em São Paulo (Brasil), ambos feitos pelo canadense Jack Guay.

O primeiro 300 feminino aconteceu em 1997 (Cairo, Egito) com a malaia Shalin Zulkifli.

Conheça abaixo os campeões de todas edições e como foram os brasileiros na Copa Mundial de Boliche:

[table “0019” not found /]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *