22 de janeiro de 2021

boliche.com.br

O mais completo desde abril de 1998

DUPLA MASCULINA BRASILEIRA FICA EM 3.º NO PRIMEIRO DIA DO BOLICHE NO PAN 2011

3 min read

por EMANUEL COLOMBARI
Direto de Guadalajara (México)
para o site TERRA

As duplas brasileiras do boliche que disputam os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara tiveram desempenhos distintos nesta segunda-feira, primeiro dos dois dias de partidas da modalidade no Bolerama Tapatío. Enquanto Marcelo Suartz e Marcio Vieira ficaram entre os primeiros colocados na classificação masculina, Stephanie Martins e Marizete Scheer acabaram distantes das líderes entre as mulheres.

Marcelo e Márcio terminaram o primeiro dia, com seis partidas, na terceira colocação. Os brasileiros somaram 2.456 pontos e ficaram atrás de William O’Neill e Chris Barnes, dos EUA, que lideraram com 2.607. José Lander e Amleto Monacelli, da Venezuela, somaram 2.470 pontos e detiveram a segunda colocação ao fim do primeiro dia.

Na disputa feminina, porém, Marizete e Stephanie fizeram um bom começo, mas perderam força e terminaram com 2.133 pontos. A liderança ficou com as americanas Kelly Kulick e Elizabeth Johnson, que foram a 2.586 pontos depois dos seis jogos. Marizete e Stephanie acabaram em décimo lugar.

Todas as duplas voltam a atuar nesta terça-feira, a partir das 10h (horário local, 13h de Brasília), para as seis últimas partidas das 12 da definição da medalha. Ao todo, 16 duplas masculinas e 16 duplas femininas disputaram os pódios. Nos dois outros dias – quarta e quinta -, acontecem as disputas individuais.

Na primeira das seis rodadas desta segunda-feira, Stephanie e Marizete somaram 415 pontos, com 189 pontos da primeira e 226 da segunda, e abriram a competição com um provisório terceiro lugar. O resultado, conquistado principalmente com bom desempenho de Marizete em suas últimas jogadas, colocou as brasileiras na briga pelo pódio – a liderança já era dos EUA, com 441 pontos.

Entre os homens, uma primeira rodada mais discreta. Marcio Vieira e Marcelo Suartz somaram 403 pontos e abriram a participação com um sétimo lugar. Os canadenses Arthur Oliver e Mark Buffa vinham na liderança, com 487 pontos somados.

O desempenho do Brasil, porém, caiu na segunda rodada, com a dupla feminina marcando 311 pontos e a masculina fazendo 359. Assim, Stephanie e Marizete caíram para a sétima posição (total de 726), enquanto Marcio e Marcelo (762) deixaram até mesmo de fazer parte da lista dos sete primeiros. Dominicanos (825) e americanas (846) lideravam.

A dupla masculina, porém, começou a reagir a partir daí, somando 455 pontos na terceira rodada (1.217 no total) e 418 na quarta (1.635 no total). Assim, saltaram para a terceira posição, enquanto os EUA lideravam com 1.791 pontos. No feminino, Stephanie e Marizete perderam fôlego, com 317 pontos na terceira rodada (1.043 na soma total) e 378 na quarta (1.421). De novo, ficaram fora das sete primeiras posições, e passaram já a se distanciar das medalhas. Também entre as mulheres, as americanas lideravam, com 1.751.

Na quinta rodada, a dupla masculina do Brasil continuou mostrando um desempenho forte, indo aos 2.036 pontos (401 pontos na rodada) e mantendo-se em terceiro – EUA (2191) e Venezuela (2116) já estavam à frente. Para as mulheres, porém, as chances se tornaram ainda menores, com 209 pontos de Stephanie, 171 de Marizete e 1.801 na soma das cinco partidas. Por mais uma vez, as americanas Kulick e Johnson lideraram, agora com 2.151.

Na sexta partida, por fim, os brasileiros mantiveram o bom momento e graças a três strikes de Marcelo nas três bolas do último frame, a equipe somou 420 pontos e foi a 2.456. As mulheres, por sua vez, terminaram com 2.152 pontos: Stephanie fez 158 na última partida, com 174 de Marizete, conseguindo 332 pontos a mais.

Márcio Vieira, 58 anos, prefere não comemorar resultado parcial do torneio, apesar de acreditar em pódio (Foto: Wander Roberto/ COB/Divulgação)

(original publicado no site TERRA)

6 thoughts on “DUPLA MASCULINA BRASILEIRA FICA EM 3.º NO PRIMEIRO DIA DO BOLICHE NO PAN 2011

  1. Parabéns!

    Tem algumas informações sobre bola e furação que poderiam nos ajudar no futuro.
    Lógico que os estilos diferentes demandam bolas e furações diferentes, mas se tiver alguém com tempo e saco de anotar qual bola, superfície lixada ou polida, posição de pin e cg os jogadores top estavam usando em cada condicionamento + a região da pista em que estavam jogando, isso poderia nos ajudar no futuro.
    Ex: Barnes- Oleo x começou com bola y pela tabua x break y.
    Sei que anotar isso tudo é um saco, mas certamente poderíamos por analogia montar arsenais melhores no futuro.
    Ps: As informações sobre o top 1 ficaram fáceis de descobrir, o difícil é arrumar alguém com o jogo parecido com o dele, para servir de referência. hehehe.

    VALEU PEDRA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *