15 de janeiro de 2021

boliche.com.br

O mais completo desde abril de 1998

MÁRCIO MENEZES: O FENÔMENO DO BOLICHE BAIANO

2 min read

Em menos de um ano em Salvador, o carioca Márcio Menezes assume a liderança do ranking.

por Beatriz Garcia (beatrizgarcia@jornalmassa.com.br)

Tem gente que mesmo acima do peso, continua no topo. Afinal, não são músculos que definem a qualidade de um atleta e o Fenômeno do Boliche está aí para provar.

O jornalista Márcio Menezes é o número um do ranking do esporte na Bahia e o 15.º na classificação nacional.

“O boliche não pede força, pede técnica. Mas precisa de corpo para poder jogar, afinal as bolas pesam até sete quitos”, explica Márcio, cujo avô foi um dos responsáveis pela introdução do boliche de competição no País.

Desde que os brasileiros descobriram o potencial do boliche como entretenimento, no final dos anos 60, muita gente só enxerga o esporte como lazer. Mas a modalidade requer muita técnica e não depende em nada do quesito sorte.

Infelizmente, o aluguel da pista, os torneios e os equipamentos próprios tornam este um esporte caro de se praticar. “Faço um esforço brutal para poder jogar. Por mês são cerca de R$ 400 gastos com boliche”, conta.

Calejado: Força nos dedos

Quem pensa que boliche é um esporte leve, basta olhar para os dedos calejados do Márcio (foto abaixo). Os movimentos do esporte trabalham os grupos musculares dos braços, pernas e região lombar, resultando em um gasto calórico de até 180 calorias por hora de exercício.

Onde e quanto custa praticar boliche na Bahia:
> No Aeroclube (Av. Otávio Mangabeira, Boca do Rio) cada pista pode ser usada por até seis pessoas. É a única de Salvador.
> Valores: de segunda a sexta R$ 30 (R$ 39 a partir das 18h); sábados, domingos e feriados R$ 39 (R$ 51 a partir das 18h)

* original publicado no http://www.jornalmassa.com.br/

5 thoughts on “MÁRCIO MENEZES: O FENÔMENO DO BOLICHE BAIANO

  1. Esse Bitoca vai longe…. Rs rs
    E agora que vai ter o prazer de jogar comigo e com o grande Zé Raimundo.
    Vamos dar alguns toques a ele e vai ampliar a liderança do ranking.
    Abs,

  2. Bitoca acima do peso? que maldade dessa coleguinha, Márcio! KKK. Parabéns cara, você merece pela dedicação e simpatia. Mas confesso que, como jornalista, achei a matéria meio preconceituosa com os gordinhos. A coleguinha bem que poderia assistir a uns vídeos da PBA no You Tube para ver a “forma” de muitos campeões.

  3. Grande Marcinho Bitoca, meu AMIGO e parceiro de duplas de vários campeonatos.
    Vai treinando mesmo, continue assim.
    Aí vai ficar mais fácil escolher minha dupla para a Taca Bahia e um dos parceiros para o Brasileiro de Tercetos.
    Brincadeiras a parte, parabéns você merece.
    Primeiro do ranking não é para quem QUER, e sim para quem JOGA.
    Um grande Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *