20 de abril de 2021

boliche.com.br

O mais completo desde abril de 1998

UM BOLICHE NO QUINTAL DE CASA

2 min read

Um sonho de vários jogadores de boliche foi realizado pelo Valdir Negri, o Rei dos Faróis, empresário sul-mato-grossense, campeão de vários torneios regionais de boliche.

Apaixonado pelo esporte ele montou duas pistas de boliche em sua própria casa. Para Valdir Negri, paixão justifica a idéia.

No começo do ano o canal Globo News fez uma reportagem especial com a família Negri para o programa Via Brasil, que reproduzo em seguida:

Família constrói pista de boliche em casa para se divertir.
Amigos e familiares reconhecem benefícios do esporte dentro de casa.
Para Valdir Negri, paixão justifica a idéia. Quem gosta de futebol, vôlei ou tênis geralmente constrói, nos fundos de casa, uma quadra ou campo para poder se divertir com os amigos. Com o empresário Valdir Negri não foi diferente. Ele construiu no fundo de sua casa, em Campo Grande (MS), um espaço para se divertir com o esporte que ele tanto ama: o boliche. São duas pistas de boliche que ficam na parte de baixo da casa.

Os amigos da família também se divertem. A estudante Glaucia Negri conta que “o pessoal acha estranho” ter uma pista como essa em casa. “Mas todo mundo adora quando vem aqui”, afirma. Já a dona-de-casa Sônia Regina Negri vê outra vantagem em ter uma pista de boliche em casa. “É bacana porque a gente se une.”

“Já era difícil ganhar dele [Valdir] antes. Agora, com o boliche dentro de casa, está mais complicado. A família inteira joga bem”, diz o empresário Paulo Roberto.

Segundo Valdir, como qualquer outro esporte, o boliche exige muito treino e dedicação. “O que me levou a construir essas pistas foi a paixão. Nada mais pode justificar isso. Graças a Deus realizamos um sonho.”

0 thoughts on “UM BOLICHE NO QUINTAL DE CASA

  1. Tive o prazer de jogar duas vezes nas pistas do meu camarada Valdir Negri e dos meus maninhos Junior e Leandro Negri. É o sonho de todo bolicheiro. Se não bastasse a maravilha de ter duas pistas em casa, quem vai à “Toca do Rei” perde a vontade de ir embora. O tratamento que o Valdir e dona Sônia dispensam aos amigos dá vontade de tê-los como pais (hehehe). Parabéns, mais uma vez, meus amigos do clâ Negri.

  2. Achei muito boa a ideia, tão boa que mandei construir uma na minha casa tambem, ja esta funcionando desde abril de 2008. É isso ai quem gosta gosta, assim podemos treinar a vontade. Vamos nessa. Abraços.

  3. Acho uma ótima e idéia e adoraria construir uma, mas ainda sou jovem e dependo do PAItrocínio, rs. Claudecir, acredito que você seja de Londrina, e hoje (28/08) arrebentou denovo no torneio de duplas. Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *