BOLICHE BRASIL: CONVOCAÇÕES 2019

By
Updated: janeiro 8, 2019

Seleções Brasileiras 2019 – Critérios de Convocação

A Confederação Brasileira de Boliche divulgou os critérios para convocações das seleções brasileiras para o ano de 2019.

REGRAS GERAIS PARA TODAS AS SELEÇÕES DE 2019

1. Todos os atletas são responsáveis pelos vistos de entrada e vacinação nos países que assim exigirem, como Canadá, Panamá, Estados Unidos, França, Peru, Porto Rico, República Dominicana, entre outros.

Os convocados para torneios em países que exigem vistos deverão confirmar participação somente após a obtenção do visto, exceto em casos onde a emissão seja de responsabilidade do país sede.

2. Após convocado para determinado torneio, o atleta terá um prazo a ser divulgado para confirmação de participação.

Caso o atleta confirme participação e desista sem um motivo justificável (por exemplo, falta de visto ou falta de recursos financeiros), o mesmo será excluído de qualquer convocação internacional pelo período de um ano a contar da data do cancelamento.

A DECISÃO DA CBBOL SOBRE OS ATLETAS CONVOCADOS É SOBERANA:
Os atletas de qualquer seleção poderão ser cortador e/ou substituídos a qualquer momento de forma discricionária pela Confederação, sempre que se verificar necessário aos interesses da Entidade.

CRITÉRIOS PARA CONVOCAÇÃO EM CADA EVENTO

Primeiro semestre de 2019

SUL-AMERICANO SÊNIOR E SUPER-SÊNIOR
Medelín – Colômbia
* 3 a 9 de março de 2019
> 4 jogadores sênior masculinos e 4 femininos, 2 jogadores Super-Sênior Masculinos e 2 femininos:

Uma vaga técnica por equipe mais as demais vagas preenchidas pela colocação do Ranking Brasileiro de 1 de janeiro de 2019 da categoria em questão.

• Os atletas não poderão participar das seleções Sênior e Super-Sênior simultaneamente.

As convocações darão prioridade para as equipes Seniores e eventuais remanejamentos poderão ser feitos conforme necessidade, a critério da Confederação.

Atualização: A Confederação Boliche Brasil divulgou a convocação para este evento em 14.01.2019,

SELEÇÃO SÊNIOR MASCULINA:
1. Celso Azevedo – SP
2. Renato Castellões – MG
3. Márcio Vieira – RJ
4. Luiz Afonso – DF

SELEÇÃO SÊNIOR FEMININA:
1. Lúcia Vieira – RJ
2. Titila Alvarez – BA
3. Léa Badaró – DF
4. Jacque Costa – MG

SELEÇÃO SUPER-SÊNIOR MASCULINA:
1. Oscar Marin – SC
2. Eugênio Carvalho – DF
SELEÇÃO SUPER-SÊNIOR FEMININA:
1. Vanessa Andrade – MG
2. Marlene Bonacina – MS

  • OBS: Há a possibilidade de envio de mais de uma equipe em cada modalidade, porém esta segunda equipe apenas participa de um torneio paralelo (com premiação em dinheiro) sem direito a premiação de medalhas.

MUNDIAL JUNIOR SUB-18
Paris – França
* 17 a 24 de março de 2019
– 2 masculinos e 2 femininos
Será na Plaza Saint Maximin e somente os jogadores nascidos de 1.º de janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2005 são elegíveis para participar,

Cada confederação filiada tem direito a selecionar no máximo 4 atletas, 2 meninos e 2 meninas.

Esse será o primeiro Mundial Júnior Sub-18. Foi aprovado em Assembleia Internacional em 2017.

Estará na lista do calendário mundial, que já conta com o Mundial Masculino, o Mundial Feminino, o Mundial Misto (Homens e Mulheres) e o Mundial Juvenil Sub-21.

O intuito da criação desta competição é mostrar à comunidade internacional a presença expressiva de atletas com menos de 18 anos de ambos os sexos no boliche.

A escolha de Paris também é estratégica, já que o esporte está pleiteando a inclusão nas Olimpíadas de Verão que serão realizadas em 2024.

Outra novidade está no modelo de contagem de pontos, mais intuitivo e simples, que estreia no torneio.

A proposta é facilitar a compreensão de quem não pratica a modalidade com frequência, para alcançar mais espectadores.

Segundo o presidente da CBBOL, Guy Igliori, será também “uma ótima oportunidade para apresentar ao Comitê Olímpico Internacional o alcance do esporte junto ao público juvenil, seja como participante ou como espectador”.

Ele ainda destaca: “Poderemos testar o impacto do novo modelo de contagem dos pontos, no qual o strike vale 30 pontos e não depende das próximas jogadas, como adotado no sistema atual”.

Atualmente, a soma dos pontos depende dos lançamentos subsequentes – por exemplo, ao fazer um strike,  derrubando os 10 pinos em uma única jogada, será necessário saber quais serão os 2 próximos lançamentos.

O máximo de pontos de uma partida segue sendo 300, mas no novo modelo de contagem , que é mais simples e direto, após cada jogada todos podem visualizar o total do placar.

E Paris será o teste do novo modelo. O campeonato será transmitido ao vivo na página www.2019wjc.worldbowling.org.

Em 15 de janeiro de 2019 a Confederação Boliche Brasil convocou os seguintes atletas para este evento:

CAMPEONATO PAN-AMERICANO ADULTO MASCULINO
Lima – Peru
* 7 a 13 de abril de 2019 (A data pode variar)
(Por dificuldades na conclusão da construção do Boliche em Lima poderá ser remanejado para a Costa Rica)

Seis atletas masculinos. (Ainda há possibilidade de troca de sede e de data, pois a Confederação Pan-Americana aguarda definição do termino da construção da instalação do Boliche).

• Uma VAGA TÉCNICA mais demais vagas preenchidas pela colocação do Ranking Brasileiro masculino de 1 de janeiro de 2019, sendo que em caso de qualquer desistência, serão convocados por ordem até o décimo colocado do Ranking Brasileiro da categoria.

A partir do décimo colocado no ranking, novas desistências serão preenchidas por vagas técnicas a critério da Confederação.

CAMPEONATO IBERO-AMERICANO
Porto Rico
* 1 a 8 de junho de 2019

• Os atletas que desejarem participar deste evento deverão manifestar interesse junto à Confederação.

Neste caso, os atletas interessados serão classificados pela ordem do ranking brasileiro após a Taça São Paulo 2019, e inscritos nos respectivos eventos. Não haverá convocação específica.

Segundo semestre de 2019

JOGOS PAN-AMERICANOS
Lima – Peru
* 24 de julho a 30 de julho de 2019 (* modalidade Boliche)
– 2 masculinos e 2 femininos.

• Serão convocados os primeiros colocados do ranking brasileiro de 1.º de janeiro de 2019 (Marcelo Suartz e Stephanie Martins).

• A segunda vaga será definida por critério técnico entre os jogadores:
Bruno Costa – Masculino
Renan Zoghaib – Masculino
Roberta Rodrigues – Feminino
Luiza Rocha – Feminino

A Confederação manterá avaliação permanente dos jogadores listados acima, onde serão levados em conta:
> comportamento do atleta dentro e fora das pistas;
> dedicação aos treinos determinados;
> comprometimento do atleta quanto à importância do torneio;
> condicionamento físico;
> participação em eventos.

Até a data limite de envio da lista curta ao COB (Comitê Olímpico Brasileiro), prevista para maio, os atletas serão escolhidos ou eventualmente substituídos a critério da Confederação.

A convocação final será feita em maio de 2019 e a lista será enviada ao COB. Independente de convocação, a participação ou não das equipes está condicionada ao COB.

O Técnico da Seleção Brasileira para o evento será Márcio Vieira.

TORNEIO DAS AMÉRICAS
Fort Lauderlade – Flórida – Estados Unidos
*28 de julho a 3 de agosto de 2019
(Não é mais um torneio homologado pela Confederação Pan-Americana e a participação é livre aos países)

• Os atletas que desejarem participar deste evento deverão manifestar interesse junto à Confederação.

Neste caso, os atletas interessados serão classificados pela ordem do ranking brasileiro após a Taça São Paulo 2019, e inscritos nos respectivos eventos. Não haverá convocação específica.

PAN-AMERICANO JUVENIL SUB-21
PAN-AMERICANO INFANTO-JUVENIL SUB-16
República Dominicana
* 10 a 18 de agosto de 2019

– sendo 4 atletas juvenis masculinos e 4 femininos e 2 atletas infanto-juvenis masculinos e 2 femininos:

• Uma VAGA TÉCNICA POR EQUIPE mais demais vagas preenchidas pela colocação do Ranking Brasileiro da categoria após a Taça Rio 2019.

MUNDIAL ADULTO FEMININO
Las Vegas – Estados Unidos
* 22 a 30 de agosto de 2019
– 6 mulheres.

• Uma VAGA TÉCNICA mais demais vagas preenchidas pela colocação do Ranking Brasileiro feminino após o Brasileiro de Clubes 2019.

Em caso de qualquer desistência, serão convocados por ordem até a décima colocada do Ranking Brasileiro da categoria.

Novas desistências serão preenchidas por vagas técnicas.

MUNDIAL SÊNIOR
Las Vegas – Estados Unidos
* 2 a 10 de setembro de 2019
– 4 homens e 4 mulheres.

• Uma VAGA TÉCNICA POR EQUIPE mais demais vagas preenchidas pela colocação do Ranking Brasileiro da categoria em questão após o Campeonato Brasileiro de Clubes 2019.

SUL-AMERICANO ADULTO E JUVENIL – CONSUBOWL
Brasil
* data provável setembro de 2019 no Brasil (local a definir)
Sem limites de participação – aberto.
> Duplas formadas seguindo o critério de que a cada duas duplas inscritas uma terceira dupla terá que ter ao menos um juvenil, sem limite de participação, apenas respeitando-se a regra do torneio podendo haver participação masculina e feminina.
• Não haverá convocação específica, apenas a ordem do ranking será seguida.

ENCONTRO PAN-AMERICANO
Lima – Peru
* 2 a 6 de outubro de 2019
– 2 masculinos e 2 femininos.• Duas vagas técnicas para masculino e duas vagas técnicas para Feminino Sub-30.

COPA MUNDIAL QUBICAAMF
Local a definir
* 3 a 10 de novembro de 2019 (previsão)
– 1 homem e 1 mulher:
• Eliminatória na 14.ª Taça Pinheiros em Santo André – SP.

Brasília, 1.º de janeiro de 2019.
Guy Igliori
Presidente da Confederação Brasileira de Boliche
BOLICHE BRASIL

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE