PAULISTA DE TERCETOS 2019: FINAIS

By
Updated: setembro 28, 2019

O Campeonato Paulista de Tercetos 2019 terminou na tarde deste domingo, dia 29 de setembro, após os participantes jogarem as seis linhas finais de um total de 24.

Esse evento é um dos mais tradicionais do boliche paulista, organizado e promovido pela FPBOL – Federação Paulista de Boliche.

As disputas aconteceram nas pistas Brunswick do Bolix Bowling do Shopping Internacional, em Guarulhos, na Rodovia Presidente Dutra, Km 225.

O grande destaque individual desta edição foi a partida perfeita de Pedro Diniz, conseguida na 5.ª partida da primeira rodada.

No boliche, chama-se partida perfeita aquela conseguida após doze strikes (derrubar todos os dez pinos na primeira bola lançada) consecutivos.

Pedro já consta na seleta lista das partidas perfeitas homologadas pela Confederação Boliche Brasil, graças ao 300 feito na Taça Santa Catarina em 2017.

Veja no vídeo abaixo os dois strikes finais e a comemoração do Pedro, junto com os demais participantes, inclusive sua irmã, Ester Diniz, sua mãe, Maria Diniz e seu pai, Nilson Diniz.

(*no celular deixe na horizontal e clique no [ ] para empliar)

Na terceira rodada, no sábado, dia 28, Joni Arata do Clube Ribeirão, chegou perto da partida perfeita, após dez strikes consecutivos.

Porém, no décimo primeiro lançamento o pino 10 não caiu e Joni fechou 289 pinos na terceira partida do dia, a maior da sua divisão.

Veja como foi…
(*no celular deixe na horizontal e clique no [ ] para ampliar)

Foram 50 participantes, entre titulares (48) e reservas (2), distribuídos em três divisões de tercetos, uma feminina e duas masculinas.

Os participantes jogaram no total 1.146* partidas para definirem quem subirá no pódio. *O reserva Eduardo Issa não jogou na rodada final.

O PLANILHAMENTO DOS DADOS

Novamente foi acionada a parceria com o site da Confederação Boliche Brasil na computação dos dados.

O Sistema GoBowl de resultados ao vivo foi incorporado pela confederação, que o oferece gratuitamente às federações estaduais para realização de campeonatos e torneios.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DOS TERCETOS:

Primeira Divisão Feminina:
OURO: Inês Yamaguti, Maria Diniz, Rosina Freitas;
PRATA:  Coca Camargo, Dê Luqueti, Roseli Santos ;
BRONZE: Ana Maria Rodrigues, Denise Teuber, Leila Zuccari;
4. Analice Cajueiro, Mariana Calmon Paschoal, Lourdes Diéguez.
MAIOR PARTIDA: 655 de Coca Camargo, Dê Luqueti, Roseli Santos.
MAIOR SÉRIE: 3333 de Coca Camargo, Dê Luqueti, Roseli Santos.

(e-d) Dê Luqueti, Coca Camargo, Inês Yamaguti, Maria Diniz, Rosina Freitas

Primeira Divisão Masculina:
OURO: Stephanie Martins, Celso Azevedo, Igor Pizzoli;
PRATA: Gianfranco Diéguez, Nilson Wada, Pedro Diniz;
BRONZE: Mário Farias, Renato Kim, William Hideki;
4. Márcio Rossato, Nilson Diniz, Wagner Koga;
5. Cléo Duarte, Gilberto Santoro, Eduardo Issa, Naná Miyabara.
MAIOR PARTIDA: 762 de Stephanie Martins, Celso Azevedo, Igor Pizzoli.
MAIOR SÉRIE: 3889 de Stephanie Martins, Celso Azevedo, Igor PIzzoli.

(e-d) Renato Kim, William Hideki, Mário Farias, Igor Pizzoli, Stephanie Martins, Celso Azevedo, Pedro Diniz, Nilson Wada, Gianfranco Diéguez

Segunda Divisão Masculina:
OURO: Ademir Medina, Mauro Sato, Joni Arata;
PRATA: Airton Fukumoto, Tarik El Kadri, Fábio Cunzolo;
BRONZE: Carlos Thur, Maurício Honda, Ester Diniz;
4. Fábio Reinbold, Márcio Paschoal, Valdir Bernardo, Sérgio Sá;
5. Guto Bortoli, Guilherme Farias, Rodolfo Carneiro;
6. Ricardo Baptista, Telma Buckup, Nelson Leite;
7. Victor Cajueiro, Vinicius Cajueiro, Júlia Paschoal.
MAIOR PARTIDA: 669 de Ademir Medina, Mauro Sato, Joni Arata.
MAIOR SÉRIE: 3494 de Ademir Medina, Mauro Sato, Joni Arata.

(e-d) Airton Fukumoto, Fábio Cunzolo, Tarik El Kadri, Mauro Sato, Joni Arata, Ademir Medina, Carlos Thur, Ester Diniz, Maurício Honda

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO ALL EVENTS INDIVIDUAL

Primeira Divisão Feminina:
OURO: Stephanie Martins (média 210,54 – Clube Pinheiros);
PRATA: Maria Diniz (184,17 – Clube Ribeirão);
BRONZE: Roseli Santos (183,42 – Clube Ribeirão).
MAIOR PARTIDA: 279 de Stephanie Martins.
MAIOR SÉRIE: 1309 de Stephanie Martins.

(e-d) Maria Diniz, Stephanie Martins

Segunda Divisão Feminina:
OURO: Júlia Paschoal (157,13 – Clube Pinheiros);
PRATA: Ester Diniz (148,58 – Clube Tiger);
BRONZE: Lourdes Diéguez (145,88 – Clube Pinheiros).
MAIOR PARTIDA: 223 de Júlia Paschoal (Clube Pinheiros).
MAIOR SÉRIE: 1060 de Júlia Paschoal (Clube Pinheiros).

(e-d) Ester Diniz, Júlia Paschoal, Lourdes Diéguez

Primeira Divisão Masculina
OURO: Igor Pizzoli (214,63 – Clube Pinheiros);
PRATA: Celso Azevedo (214,13 – Clube Pinheiros);
BRONZE: Nilson Diniz (211,54 – Clube Tiger).
MAIOR PARTIDA: 300 de Pedro Diniz (Clube Pinheiros).
MAIOR SÉRIE: 1358 de Nilson Diniz (Clube Tiger).

(e-d) Celso Azevedo, Igor Pizzoli, Nilson Diniz

Segunda Divisão Masculina:
OURO: Ademir Medina (189,42 – Clube Ribeirão);
PRATA: Wagner Koga (189,08 – Clube Tiger);
BRONZE: Gianfranco DIégues (187,92 – Clube Pinheiros).
MAIOR PARTIDA: 258 de Ademir Medina (Clube Ribeirão).
MAIOR SÉRIE: 1229 de Wagner Koga (Clube Tiger).

(e-d) Ester DIniz (pelo Wagner Koga), Ademir Medina, Gianfranco Diéguez

Terceira Divisão Masculina:
OURO: Joni Arata (188,63 – Clube Ribeirão);
PRATA: Ricardo Baptista (186,04 – Clube Tiger);
BRONZE: Maurício Honda (181,50 – Clube Ribeirão).
MAIOR PARTIDA: 289 de Joni Arata (Clube Ribeirão).
MAIOR SÉRIE: 1209 de Joni Arata (Clube Ribeirão).

(e-d) Maurício Honda, Joni Arata, Ricardo Baptista

Participantes do Paulista de Tercetos 2019

(e-d) Inês Yamaguti, Maria Diniz, Rosina Freitas
OURO NA 1.ª DIVISÃO FEMININA
(e-d) Rosina Freitas, Inês Yamaguti, Maria Diniz
1.ª DIVISÃO FEMININA
(E-D) Coca Camargo, Dê Luqueti
PRATA NA 1.ª DIVISÃO FEMININA
(e-d) Dê Luqueti, Coca Camargo, Roseli Santos
1.ª DIVISÃO FEMININA
(e-d) Denise Teuber, Ana Maria Rodrigues, Leila Zuccari
BRONZE NA 1.ª DIVISÃO FEMININA
(e-d) Lourdes Diéguez, Mariana Calmon, Analice Cajueiro
1.ª DIVISÃO FEMININA
(e-d) Igor Pizzoli, Stephanie Martins, Celso Azevedo
OURO NA 1.ª DIVISÃO MASCULINA/MISTA
(e-d) Igor Pizzoli, Stephanie Martins, Celso Azevedo
1.ª DIVISÃO MASCULINA/MISTA
(e-d) Gianfranco Diéguez, Pedro Diniz, Nilson Wada
PRATA NA 1.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Gianfranco Diéguez, Pedro Diniz, Nilson Wada
1.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Renato Kim, William Hideki,, Mário Farias
BRONZE NA 1.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Renato Kim, William Hideki,, Mário Farias
1.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Wagner Koga, Nilson Diniz, Márcio Rossato
1.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Eduardo Issa, Gilberto Santoro, Cléo Duarte
1.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Joni Arata, Ademir Medina, Mauro Sato
OURO NA 2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Mauro Sato, Joni Arata, Ademir Medina
2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Fábio Cunzolo, Airton Fukumoto, Tarik El Kadri
PRATA NA 2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Tarik El Kadri, Airton Fukumoto, Fábio Cunzolo
2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Carlos Thur, Ester Diniz, Maurício Honda
BRONZE NO 2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Carlos Thur, Ester Diniz, Maurício Honda
2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Márcio Paschoal, Valdir Bernardo, Fábio Reinbold
2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Guto Bortoli, Rodolfo Carneiro, Guilherme Farias
2.ª DIVISÃO MASCULINA
(e-d) Ricardo Baptista, Telma Buckup, Nelson Leite
2.ª DIVISÃO MASCULINA/MISTA
(e-d) Vinicius Cajueiro, Júlia Paschoal, Victor Cajueiro
2.ª DIVISÃO MASCULINA/MISTA

A FPBOL (Federação Paulista de Boliche)

A entidade estadual paulista foi fundada em 14 de janeiro de 1986, para administrar o esporte boliche.

O escopo básico desta Federação é difundir e incentivar a prática e o ensino do Boliche no Estado de São Paulo.

A FPBOL tem autoridade legal, também, para cumprir e fazer cumprir todos os atos de poderes ou órgãos de hierarquias superiores.

A FPBOL é filiada ao Boliche Brasil, a Confederação Brasileira de Boliche.

Boliche Brasil foi fundada em 1.° de dezembro de 1993, após o desmembramento da modalidade da Confederação Brasileira de Desportos Terrestres.

Boliche Brasil é reconhecida e vinculada ao COB – Comitê Olímpico Brasileiro, e também filiada ao:
World Bowling – Confederação Mundial de Boliche,
PABCON – Pan American Bowling Confederation,
CSB – Confederación Sudamericana de Bowling,
CIByB – Confederación Iberoamericana de Bowling y Bolos.

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
× Clique aqui e fale com o editor pelo WhatsApp