OS CAMPEÕES MUNDIAIS DA COPA QUBICAAMF 2015

By
Updated: novembro 19, 2015

Na foto da capa desse post estão os Campeões Mundiais da Copa QubicaAMF 2015, Wu Siu Hong de Hong Kong e Clara Guerrero da Colômbia.

51ª QubicaAMF Bowling World Cup foi realizada nas 56 pistas do Sam’s Town Hotel e Gambling Hall em Las Vegas, Estados Unidos.

Após cinco dias de intensa competição foram definidos os Campeões Mundias da Copa QubicaAMF 2015.

A FINAL DA DIVISÃO FEMININA

As finalistas femininas foram a colombiana Clara Guerrero, a russa Maria Bulanova e a norte-americana Shannon Pluhowsky.

Clara Guerrero, a colombiana Campeã Mundial na Polônia no ano passado, defendeu seu título contra a norte-americana Shannon Pluhowsky , num desafio melhor-de-três jogos.

SEMIFINAL
#3. Maria Bulanova (174) x #2. Shannon Pluhowsky (219) – 0 a 1
#3. Maria Bulanova (242) x #2. Shannon Pluhowsky (177) – 1 a 1
#3. Maria Bulanova (194) x #2. Shannon Pluhowsky (238) – 1 a 2

FINAL
#1. Clara Guerrero (202) X #2. Shannon Pluhowsky (177) – 1 a 0
#1. Clara Guerrero (243) X #2. Shannon Pluhowsky (238) – 2 a 0

Clara conquistou seu segundo título consecutivo na Copa Mundial de Boliche e tornou-se a sexta jogadora a ganhar o cobiçado troféu mundial por duas vezes.

Ela também se tornou a terceira mulher a conquistar duas Copas Mundiais consecutivas.

As cinco mulheres que conseguiram esse feito antes foram
a australiana Jeanette Baker em 1982 e 1983;
a inglesa Pauline Smith em 1981 e 1993;
a norte-americana Shannon Pluhowsky em 2002 e 2004);
a dominicana Aumi Guerra  em 2010 e 2011 e
a canadense Caroline Lagrange em 2009 e  2013).

Na foto abaixo, o pódio feminino da 51.ª Copa Mundial de Boliche QubicaAMF.
(e-d) Shannon Pluhowsky (2.ª), Clara Juliana Guerrero (1.ª) e Maria Bulanova (3.ª)

Clara Guerrero entrevistada por Dominic Gall segundos após sagrar-se Campeã Mundial

A FINAL DA DIVISÃO MASCULINA

A final masculina foi entre o sul-africano François Louw, o chinês Siu Hong Wu e cingapuriano Muhammad Jaris Goh.

Wu Siu Hong, de Hong Kong, China, derrotou o líder do torneio François Louw, da África do Sul, por 2 a 0.

Wu tornou-se o primeiro jogador de Hong Kong a conquistar o título mundial masculino, superando uma fase crítica em sua saúde pessoal.

SEMIFINAL
#2. Siu Hong Wu (198) X #3. Jaris Goh (173) – 1 a 0
#2. Siu Hong Wu (223) X #3. Jaris Goh (194) – 2 a 0

FINAL
#1. Francois Louw (219) X #2. Siu Hong Wu (233) – 0 a 1
#1. Francois Louw (180) X #2. Siu Hong Wu (223) – 0 a 2

Na foto abaixo, o pódio masculino da 51.ª Copa Mundial de Boliche QubicaAMF.
(e-d) François Louw (2.º), Wu Siu Hong (1.º) e Jaris Goh (3,º).

Wu Siu Hong entrevistado por Dominic Gall segundos após sagrar-se Campeão Mundial

Assista no vídeo abaixo as semifinais e finais completas da 51st Bowling World Cup

CURIOSIDADES DA COPA MUNDIAL

Essa final marcou o sexto ano consecutivo em que o líder masculino da fase classificatória foi derrotado na disputa pelo título.

Ao contrário da divisão feminina, na qual a líder da fase classificatória triunfou pelo terceiro ano consecutivo e pela quinta vez nos últimos sete anos.

A última vez que os líderes das divisões masculina e feminina venceram os títulos da Copa Mundial foi em 2009, em Malaca na Malásia.

Quando, então, o coreano Choi Yong-Kyu e  a canadense Caroline Lagrange foram os campeões mundiais.

A 51.ª edição desse prestigiado evento mundial reuniu 156 participantes, sendo 86 homens e 70 mulheres, de 88 países.

A Macedônia competiu pela primeira vez na história da Copa Mundial.

A 40.ª Copa Mundial em Cingapura, no ano de 2004, ainda detém o recorde da maioria dos países (95) e a maioria dos jogadores masculinos (93).

Enquanto que a 46.ª edição em 2010, em Toulon na França, atraiu o maior número de jogadores (167).

Os jogadores mais idoso da divisão masculina, nesta edição de Las Vegas tinham ambos 54 anos de idade: Maurice Talane da Guiana Francesa e Zerezghi Haile da Eritreia.

O mais jovem, aos 17 anos foi o mexicano Benjamin Martinez.

Dominique Merlo de Reunião foi a participante mais idosa desta edição, aos 60 anos, enquanto que a mais jovem foi a equatoriana Dennise Quezada Pena, com apenas 15 anos.

O português Paulo Lopes e a australiana Narelle Baker foram selecionados como vencedores do Prêmio Destaque Desportivo QubicaAMF de Boliche 2015 por seus colegas jogadores.

Os prêmios foram entregues aos vencedores no Banquete da Vitória pelos campeões da Copa Mundiais desta edição (foto abaixo).

Wu Siu Hong, Paulo Lopes, Narelle Baker e Clara Guerrero

 

 

Deixe uma resposta

× Clique aqui e fale com o editor deste site.