NASA ENCONTRA PINO DE BOLICHE ESPACIAL

By
Updated: janeiro 4, 2019

Logo após as festas e os fogos do réveillon desta semana, a NASA (Agência Espacial Norte Americana) divulgou mais uma conquista notável.

A descoberta feita pela espaçonave New Horizons, que está numa missão não-tripulada para estudar o planeta Plutão, sem dúvida, causou espanto.

Durante sua viagem histórica, a New Horizon inesperadamente avistou o corpo rochoso mais distante da Terra.

Essa rocha espacial, que foi batizada de Ultima Thule, por analogia é muito parecida com um pino de boliche.

A fantástica New Horizons

A sonda New Horizons foi lançada em 19 de janeiro de 2006, a fim de estudar a geologia e morfologia de Plutão.

Ao mesmo tempo a sonda vai analisar as famosas luas de Plutão, além de mapear suas superfícies.

Viajando a quase 60 mil quilômetros por hora rumo à Plutão, a sonda não só sobrevoou a órbita de Marte em abril de 2006, como também
a de Júpiter em fevereiro de 2007,
a de Saturno em junho de 2008,
a de Urano em março de 2011 e
a de Netuno em agosto de 2014.

A sonda New Horizons

As primeiras observações de Plutão, contudo hoje considerado um planeta anão, foram em janeiro de 2015.

Depois que fez os estudos programados em Plutão, a New Horizons partiu em direção ao Cinturão de Kuiper.

O Cinturão de Kuiper é composto de remanescentes de quando o sistema solar se formou.

Dessa forma, estudando essa parte do espaço sideral poderemos aprender sobre a origem dos Planetas, inclusive a Terra.

A New Horizons, além disso, continuará a explorar o Cinturão de Kuiper até pelo menos o ano de 2025.

Ultima Thule, o pino de boliche espacial

Quando avistou o Ultima Thule, a nave estava, de fato, a cerca de 6,6 bilhões de quilômetros do nosso planeta.

Ultima Thule é um nome que significa, em outras palavras, “além do mundo conhecido”, em latim.

As primeiras imagens ainda estão com baixa definição mas é possível vislumbrar a forma de um pino de boliche.

As dimensões do Ultima Thule

O objeto espacial tem cerca de 33 km de comprimento e no máximo 16 km de largura.

Aparentemente está girando como uma hélice, com o seu eixo apontando para a sonda, como se o pino espacial tivesse sido atingido por uma bola de boliche.

Ainda não foi descartada a possibilidade de que sejam dois objetos orbitando um ao outro.

A New Horizons enviará mais imagens dessa rocha nos próximos meses, juntamente com dados sobre sua composição e temperatura de superfície.

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
× Contato pelo WhatsApp: clique aqui