A COPA MUNDIAL 2019 SERÁ NA INDONÉSIA

By
Updated: março 7, 2019

CLIQUE AQUI e veja como foi o Brasil na Fase Classificatória dos 24 melhores na Copa Mundial no Palimbão, Indonésia.

CLIQUE AQUI e saiba como se classificou a dupla brasileira na eliminatória nacional em Santo André, SP.


Enfim, depois de alguns meses de suspense, a QubicaAMF divulgou a sede da próxima Copa Mundial.

O maior evento internacional de boliche, portanto, irá retornar à Indonésia, na cidade de Palimbão (Palembang).

De fato faz 39 anos que a Copa Mundial de Boliche AMF foi realizada na Indonésia, na capital Jacarta em 1980.

A Copa Mundial 2019 então será realizada de 16 a 24 de novembro de 2019.

O hotel que irá recepcionar os participantes será o luxuoso Wyndham Opi Hotel Palembang.

O alojamento do jogador será por conta da organização apenas durante o período torneio: chegada 16 de novembro e saída 24 de novembro de 2019, o que equivale à oito noites.

O centro de boliche, onde acontecerão as disputas, faz parte do impressionante Jakabaring Sport City, o mesmo que foi sede dos Jogos Asiáticos de 2018.

O Jakabaring Bowling Center Sinarmas, só para ilustrar, tem 4.200 m² de área construída e espaço para 600 espectadores e 40 pistas QubicaAMF.

PROGRAMAÇÃO DA 55.ª COPA MUNDIAL

16 a 24 de novembro de 2019
Sábado – 16 de novembro – CHEGADA
Aclimatação e – Treinos Livres
RECEPÇÃO DE BOAS-VINDAS

Domingo – 17 de novembro – Controle de Bolas
09:00 – 10:30 – Treinos Oficiais – Mulheres
10:30 – 12:00 – Condicionamento das pistas
Encontro com os participantes
12:00 – 13:30 – Treinos Oficiais – Homens
15:00 – 16:00 – CERIMÔNIA DE ABERTURA

Segunda-feira – 18 de novembro – Controle de Bolas
09:00 – Homens – 1.ª série 6 Games
13:30 – Condicionamento das pistas
15:00 – Mulheres – 1.ª série 6 Games

Terça-feira – 19 de novembro
09:00 – Mulheres – 2.ª série 6 Games
12:30 – Condicionamento das pistas
14:00 – Homens – 2.ª série 6 Games

Quarta-feira – 20 de novembro
09:00 – Homens – 3.ª série 6 Games
13:30 – Condicionamento das pistas
15:00 – Mulheres – 3.ª série 6 Games

Quinta-feira- 21 de novembro
09:00 – Mulheres – 4.ª série 6 Games (Corte das Top 24 – Mulheres)
12:30 – Condicionamento das pistas
FOTOGRAFIA OFICIAL – Mulheres
14:00 – Homens – 4.ª série 6 Games (Corte dos Top – 24 Homens)
FOTOGRAFIA OFICIAL – Homens

Sexta-Feira – 22 de novembro
14:00 Top 24 Homens e Mulheres – 8 Games
CORTE DOS TOP 8 HOMENS E 8 MULHERES

Sábado – 23 de novembro
09:00 Homens e Mulheres Top 8 – 8 Games
CORTE DOS TOP 4 HOMENS E 4 MULHERES
13:00 HOMENS E MULHERES – SEMIFINAIS & FINAIS
ENTREGA DOS TROFÉUS
19:00 BANQUETE DA VITÓRIA

Domingo – 24t de novembro – PARTIDA

Ponte Ampera sobre o Rio Musi

A Ponte Ampera que faz fundo para o banner de divulgação da 55.ª WBC é, sem dúvida, a maior atração de Palimbão (Palembang).

Ela tem 1.177 m de extensão e 22 m de largura e cruza o Rio Musi.

A Ampera foi inaugurada em 1965 por Sukarno, o primeiro presidente de Indonésia.

Sukarno, curiosamente, não possuía sobrenome, igualmente muitos javaneses.

Dicas de viagem

Os brasileiros não precisam mais de visto para ir para a Indonésia, em contrapartida a validade do passaporte tem que superar os 6 meses.

Não é obrigado se vacinar contra a febre amarela, contudo o governo brasileiro sugere que o viajante faça isso.

A temperatura de 16 a 24 de novembro será de 27° a 34°.

Em novembro a previsão é de 115 mm de precipitação atmosférica, uma vez que é período bem chuvoso.

Analogamente o clima terá umidade alta de 79%, quando a confortável é por volta dos 45%.

A Indonésia, em síntese, é um país seguro, onde armas e violência não fazer parte do cotidiano.

A única exceção seria Jacarta, que tem os problemas de qualquer megalópole subdesenvolvida.

Os maiores perigos, na verdade, são os desastres naturais: terremotos, tsunamis e tempestades.

A Indonésia, considerado o maior país muçulmano da Terra é, também, o maior arquipélago do planeta, composto por 17.508 ilhas.

Nesse arquipélago estão as ilhas mais famosas do turismo internacional.como Bali, Komodo, Java, Sumatra, Bornéu e Nova Guiné.

A escolha pela Indonésia

A Presidente da Federação de Boliche da Indonésia (PBI), a senadora Percha Leanpuri, disse: “Estamos muito felizes por termos sido selecionados como os anfitriões deste torneio de grande prestígio.”

Posso prometer à todos os jogadores, funcionários e visitantes uma recepção calorosa e uma memorável Copa Mundial de Boliche.”

E concluiu: “Estamos ansiosos para conhecê-los aqui em Palembang em novembro.”

O Diretor da ABS Pte Ltd., distribuidor oficial da QubicaAMF para a Indonésia, James Murray comentou:

“O nosso centro de boliche de 40 pistas tem, além disso, o mais recente equipamento de boliche QubicaAMF.”

“Garantindo, dessa forma, que os jogadores tenham algumas das melhores condições de jogo do mundo.”


James Murray, Diretor da ABS, distribuidor oficial da QubicaAMF para a Indonésia, com a Sra. Hj. Percha Leanpuri B.Bus., Presidente da Federação de Boliche da Indonésia

Roger Creamer, Gerente Regional da QubicaAMF e Diretor de Relações Internacionais e Desenvolvimento Esportivo, declarou:

Visitei recentemente Palembang e o centro de boliche. Fiquei muito impressionado com tudo que a cidade e o boliche têm a oferecer. Eu sei que todos os nossos atletas e convidados da Copa do Mundo farão uma viagem fabulosa. ”

Os destaques do boliche indonésio

A Indonésia tem uma história longa e grandiosa com a Copa do Mundo de Boliche, tendo participado 34 vezes.

Na edição passada, em Las Vegas, dois jogadores indonésios chegaram aos Top8, com Ryan Leonard Lalisang na divisão masculina.

Na divisão feminina, Nadia Pramanik Nuramalina registrou o melhor resultado da história da Indonésia, quando ficou em terceiro lugar. 

Esta foi a primeira Copa do Mundo de Nadia, mas Ryan já participou oito vezes na Copa, chegando entre os Top10 em quatro ocasiões. 

Quando o torneio foi realizado em Jacarta em 1980, o grande Paeng Nepomuceno das Filipinas venceu o evento masculino pela segunda vez, enquanto Jean Gordon do Canadá conquistou o título feminino.

Palembang, situada às margens do rio Musi, é uma cidade com mais de 1,6 milhões de habitantes, com uma história interessante que remonta pelo menos ao século VII.

A CLASSIFICATÓRIA BRASILEIRA

Os representantes brasileiros em 2019 serão escolhidos na XXVIII Copa Brasil QubicaAMF junto com a 14.ª Taça Pinheiros.

Será nos dias 27 e 28 de julho e de 1.º a 4 de agosto de 2019, no Bolix do Shopping Grand Plaza, em Santo André, SP.

Será a primeira vez que o Brasil enviará participantes para a Indonésia, nessa edição da Copa Mundial QubicaAMF.

Conheça abaixo os campeões de todas edições e como foram os brasileiros na Copa Mundial de Boliche:

ANO (edição)
PAÍS/Cidade
CAMPEÃO (país)
CAMPEÃ (país)
Posição, brasileiro(a), média
2020 (56.ª)
KUWAIT
Kuwait
novembro/2020julho/2020
2019 (55.ª)
INDONÉSIA
Palimbão
Francois Louw (África do Sul)
Rebecca Whiting (Austrália)
13.Renan Zoghaib 203,88
8.Stephanie Martins 199,47
2018 (54.ª)
ESTADOS UNIDOS
Las Vegas
Sam Cooley (Austrália)
Shannon O`Keefe (Estados Unidos)
7.Marcelo Suartz 214,57
20.Stephanie Martins 197.38
2017 (53.ª)
MÉXICO
Hermosillo
Krizziah Tabora (Filipinas)
Jakob Butturff (Estados Unidos)
43.Renan Zoghaib 189,50
14.Stephanie Martins 200,81
2016 (52.ª)
CHINA
Xangai
Wang Hongbo (China)
Jenny Wegner (Suécia)
18.Renan Zoghaib 198,95
15.Roberta Rodrigues 194,79
2015 (51.ª)
ESTADOS UNIDOS
Las Vegas
Siu Hong Wu (Hong Kong)
Clara Guerrero (Colômbia)
53.Igor Pizzoli 189,75
19.Stephanie Martins 196,72
2014 (50.ª)
POLÔNIA
Breslávia
Chris Barnes (Estados Unidos)
Clara Guerrero (Colômbia)
43.Renan Zoghaib 201,90
62.Neuza Kae 165,10
2013 (49.ª)
RÚSSIA
Krasnoyarski
Or Aviram (Israel)
Caroline Lagrange (Canadá)
61.Pedro Lima 195,33
2012 (48.ª)
POLÔNIA
Breslávia
Syafiq Ridhwan (Malásia)
Shayna Ng (Cingapura)
60.Cláudio Goto 190,75
60.Marina Suartz 171,05
2011 (47.ª)
ÁFRICA DO SUL
Joanesburgo
Jason Belmonte (Austrália)
Aumi Guerra (Rep.Dominicana)
58.Caio Pizzoli 193,35
2010 (46.ª)
FRANÇA
Toulon
Michael Schmidt (Canadá)
Aumi Guerra (Rep.Dominicana)
40.Marcelo Suartz 197,10
2009 (45.ª)
MALÁSIA
Malaca
Choi Yong-Kyu (Coréia do Sul)
Caroline Lagrange (Canadá)
69.Franz Monteiro 183,46
28.Roberta Rodrigues 192,50
2008 (44.ª)
MÉXICO
Hermosillo
Derek Eoff (Estados Unidos)
Jasmine Yeong-Nathan (Cingapura)
41.Renan Zoghaib 201,29
54.Kátia Abrão 168,88
2007 (43.ª)
RÚSSIA
São Petersburgo
Bill Hoffmann (Estados Unidos)
Ann-Marree Putney (Austrália)
7.Marcelo Suartz 217,68
34.Roseli Santos 193,17
2006 (42.ª)
VENEZUELA
Caracas
Osku Palermaa (Finlândia)
Diandra Asbaty (Estados Unidos)
21.Caio Pizzoli 214,87
52.Suzilene Ivata 178,54
2005 (41.ª)
ESLOVÊNIA
Liubliana
Michael Schmidt (Canadá)
Lynda Barnes (Estados Unidos)
63.Bira Teodoro 183,33
2004 (40.ª)
CINGAPURA
Cingapura
Kai Virtanen (Finlândia)
Shannon Pluhowsky (Estados Unidos)
45.Rogério Mattos 201,65
2003 (39.ª)
HONDURAS
Tegucigalpa
Christian Jan Suarez (Filipinas)
Kerrie Ryan-Ciach (Canadá)
46.Feliph Rosa 195,95
30.Luiza Rocha 186,40
2002 (38.ª)
LETÔNIA
Riga
Mika Luoto (Finlândia)
Shannon Pluhowsky (Estados Unidos)
(não teve)
2001 (37.ª)
TAILÂNDIA
Pattaya
Kim Haugen (Noruega)
Nachimi Itakura (Japão)
45.Augusto Dias 190,90
2000 (36.ª)
PORTUGAL
Lisboa
Tomas Leanderson (Noruega)
Mel Isaac (País de Gales)
42.Caco Cruz 197,80
42.Marina Suartz 174,00
1999 (35.ª)
ESTADOS UNIDOS
Las Vegas
Ahmed Shaheen (Qatar)
Amanda Bradley (Austrália)
20.Walter Costa 207,35
28.Lúcia Vieira 192,12
1998 (34.ª)
JAPÃO
Kobe
Cheng-Ming Yang (Taiwan)
Maxine Nable (Austrália)
55.Reynaldo Marsolik 177,54
37.Dayse Silva 176,04
1997 (33.ª)
EGITO
Cairo
Christian Nokel (Alemanha)
Su-Fen Tseng (Taiwan)
16.Juliano Oliveira 205,72
33.Roseli Santos 184,95
1996 (32.ª)
IRLANDA DO NORTE
Belfast
Paeng Nepomuceno (Filipinas)
Cara Honeychurch (Austrália)
16.Hikari Kato Jr.202,50
35.Tininha Muelas 177,95
1995 (31.ª)
BRASIL
São Paulo
Patrick Healey Jr (Estados Unidos)
Gemma Burden (Grã-Bretanha)
40.Hikari Kato 185,67
18.Dayse Silva 190,62
1994 (30.ª)
MÉXICO
Hermosillo
Tore Torgersen (Noruega)
Anne Jacobs (África do Sul)
48.Chico Chaves 183,00
23.Dayse Silva 182,93
1993 (29.ª)
ÁFRICA DO SUL
Joanesburgo
Rainer Puisis (Alemanha)
Pauline Smitth (Grã-Bretanha)
46.Fernando Rezende
1992 (28.ª)
FRANÇA
Le Mans
Paeng Nepomuceno (Filipinas)
Martina Beckel (Alemanha)
37.Fernando Rezende 189,12
40.Sarah Guterman 166,61
1991 (27.ª)
CHINA
Pequim
Jon Juneau (Estados Unidos)
Asa Larsson (Suécia)
35.Gustavo Cardoso 176,08
35.Cláudia Schuster 144,94
1990 (26.ª)
TAILÂNDIA
Pattaya
Tom Hahl (Finlândia)
Linda Graham (Estados Unidos)
43.Décio Abreu 154,29
34.Sandra Itoh 154,38
1989 (25.ª)
IRLANDA
Dublin
Salem Al-Monsuri (Qatar)
Patty Ann (Estados Unidos)
15.Walter Costa 199,81
30.Jacque Costa 166,77
1988 (24.ª)
MÉXICO
Guadalajara
Mohammed Al-Qubaisi (Emirados Árabes)
Linda Kelly (Estados Unidos)
38.Geraldo Couto 176,04
31.Marilza Yasuoka 167,55
1987 (23.ª)
MALÁSIA
Kuala Lumpur
Remo Fornasari (Itália)
Irene Gronert (Holanda)
(não teve)
1986 (22.ª)
DINAMARCA
Copenhage
Peter Ljung (Suécia)
Annette Hagre (Suécia)
33.Geraldo Couto 181,16
20.Tininha Muelas 177,38
1985 (21.ª)
CORÉIA DO SUL
Seul
Alfonso Rodriguez (México)
Marjorie McEntee (Irlanda)
15.Walter Costa 194,96
1984 (20.ª)
AUSTRÁLIA
Sydney
Jack Jurek (Estados Unidos)
Eliana Rigato (Itália)
* Décio Abreu
1983 (19.ª)
MÉXICO
Cidade do México
Yu-Tien Chu (Taiwan)
Jeanette Baker (Austrália)
30.Décio Abreu
1982 (18.ª)
HOLANDA
Haia
Arne Stroem (Noruega)
Jeanette Baker (Austrália)
29.Walter Costa
1981 (17.ª)
ESTADOS UNIDOS
Nova Iorque
Bob Worrall (Estados Unidos)
Pauline Smith (Grã-Bretanha)
Fernando Luís Cisneros
1980 (16.ª)
INDONÉSIA
Jacarta
Paeng Nepomuceno (Filipinas)
Jean Gordon (Canadá)
(não teve)
1979 (15.ª)
TAILÂNDIA
Bangcoc
Philippe Dubois (França)
Bong Coo (Filipinas)
(não teve)
1978 (14.ª)
COLÔMBIA
Bogotá
Samran Banyen (Tailândia)
Lita de La Rosa (Filipinas)
(não teve)
1977 (13.ª)
INGLATERRA
Londres
Arne Stroem (Noruega)
Rea Rennox (Canadá)
(não teve)
1976 (12.ª)
IRÃ
Teerã
Paeng Nepomuceno (Filipinas)
Lucy Giovinco (Estados Unidos)
(não teve)
1975 (11.ª)
FILIPINAS
Manila
Lorenzo Monti (Itália)
Cathy Towsend (Canadá)
(não teve)
1974 (10.ª)
VENEZUELA
Caracas
Jairo Ocampo (Colômbia)
Brigitte Lund (Dinamarca)
(não teve)
1973 (9.ª)
CINGAPURA
Cingapura
Bernie Caterer (Grã-Bretanha)
Kesinee Srivises (Tailândia)
(não teve)
1972 (8.ª)
ALEMANHA
Hamburgo
Ray Mitchell (Canadá)
Irma Urrea (México)
(não teve)
1971 (7.ª)
CHINA
Hong Kong
Roger Dalkin (Estados Unidos)
Feminino (não teve)
(não teve)
1970 (6.ª)
DINAMARCA
Copenhage
Klaus Mueller (Alemanha)
Feminino (não teve)
(não teve)
1969 (5.ª)
JAPÃO
Tóquio
Graydon Robinson (Canadá)
Feminino (não teve)
(não teve)
1968 (4.ª)
MÉXICO
Guadalajara
Fritz Blum (Alemanha)
Feminino (não teve)
(não teve)
1967 (3.ª)
FRANÇA
Paris
Jack Connaughton (Estados Unidos)
Feminino (não teve)
(não teve)
1966 (2.ª)
INGLATERRA
Londres
John Wilcox (Estados Unidos)
Feminino (não teve)
(não teve)
1965 (1.ª)
IRLANDA
Dublin
Lauri Ajanto (Finlândia)
Feminino (não teve)
(não teve)

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
× Clique aqui e fale com o editor pelo WhatsApp