NOVIDADES NO PAULISTA DE CLUBES 2018

By
Updated: fevereiro 15, 2018

O Campeonato Paulista de Clubes 2018 terá algumas novidades para os participantes deste ano.

CLIQUE AQUI PARA VER OS RESULTADOS ONLINE (AO VIVO)

O evento será realizado pela Federação Paulista de Boliche no Bolix Guarulhos do Shopping Internacional, em Guarulhos, na Rodovia Presidente Dutra, Km 225.

O primeiro turno começa as 8h30 nos dias 10, 11, 17 e 18 de março. Dependendo do número de inscritos poderá haver segundo turno a partir das 13h30.

*** ALTERAÇÃO NO REGULAMENTO:
4.4. Os pagamentos das inscrições e anuidades deverão ser realizados pelos Representantes dos Clubes participantes do evento, no primeiro dia da competição, ao Diretor Financeiro Márcio Paschoal.

A primeira novidade é que agora as equipes serão formadas com quatro componentes.

Também foi liberado para o quarteto ter mais que uma mulher, se for de interesse do clube e conforme as regras de pontuação e média.

Haverá a aplicação da regra de um par de pistas como cortesia. Clique aqui e veja como se aplica essa regra.

O formato “Baker”

A maior novidade é o formato “Baker” na última rodada, no qual os quatro integrantes da equipe jogarão a mesma partida.

Cada componente da equipe iniciará a partida sob um número: atleta 1, atleta 2, atleta 3 e atleta 4.

Na 1.ª partida: o atleta 1 joga os frames 1, 5 e 9, o atleta 2 joga os frames 2, 6 e 10 (fechamento), o atleta 3 joga os frames 3 e 7, o atleta 4 joga os frames 4 e 8.

Na partida seguinte: o último a jogar foi o atleta dois que jogou o frame 10, então nessa segunda partida o atleta 2 começa a partida, depois será a vez do atleta 3 e assim sucessivamente.

Não será permitida a alteração da ordem inicial escolhida, pois assim todos os atletas da equipe irão jogar a mesma quantidade de frames.

Nessa quarta rodada com o Sistema Baker a mudança de pistas será a cada 2 (duas) linhas.

Por que esse formato se chama “Baker”?

O “sistema Baker” foi inventado na década de 1950 por Frank K. Baker, então secretário-secretário executivo do ABC American Bowling Congress, o antecessor do USBC.

Baker surgiu com o novo método de pontuação, a troca de jogadores a cada frame, porque acreditava que assim o Boliche poderia ser mais atraente para os espectadores.

Os organizadores de campeonatos resistiram ao formato sugerido até que, finalmente, ele foi usado em um jogo oficial em 1974, durante o NBC Bowling Spectacular.

Na época, tanto quanto hoje em dia, os jogadores disseram que sentiram que o sistema enfatizava o espírito de equipe.

Prós e contras do “sistema Baker”

Muitos jogadores colegiais não gostam do formato porque alegam que ele diminui a participação individual, especialmente com equipes de cinco componentes.

No entanto, outros jogadores preferem o sistema Baker porque ele incentiva que todos se concentrem em um objetivo comum, o que fortalece a união da equipe.

Além de reduzir a concorrência interna da equipe, o “sistema Baker” provoca a confiança mútua, gerando o aperfeiçoamento da disputa esportiva.

Sem dúvida alguma que esse formato gera uma sensação diferente no jogo, pois o conceito de parceria é reforçado quando a equipe tem que confiar um no outro.

Cada qual jogando com o melhor de si em cada frame entende que irá contribuir para o sucesso do grupo.


REGULAMENTO DO CAMPEONATO PAULISTA DE CLUBES 2018

1. DA REALIZAÇÃO

Evento promovido, realizado e coordenado pela Federação Paulista de Boliche (FPBOL).

Aberto a todos os adeptos do esporte Boliche, devidamente filiados ou que venham a filiar se antes do início do evento.

Os resultados obtidos no evento serão computados no Ranking Paulista de 2018.

2. DO LOCAL DO EVENTO

Bolix Guarulhos, no Shopping Internacional de Guarulhos – Rodovia Presidente Dutra, Km 225.

3. DAS DATAS E HORÁRIOS

  • Dias 10, 11, 17 e 18 de março de 2018.
  • Início do turno: 8h30min.

Dependendo do número de inscritos poderá haver segundo turno a partir das 13h30min.

Caso tenha um segundo turno haverá o rodízio entre o turno da manha e da tarde entre as divisões existentes.

4. DAS INSCRIÇÕES

4.1. As inscrições das equipes que disputarão o Campeonato Paulista de Clubes e Equipes deverão ser realizadas por intermédio dos clubes até as 22h do dia 28 de fevereiro de 2018.

Por e-mail para presidencia@fpbol.org.br *

Com cópias obrigatórias para financeiro@fpbol.org.br * e tecnico@fpbol.org.br *

*Esses e-mail estão protegidos contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

4.2 – Valor da inscrição: R$ 330,00 (Trezentos e trinta reais) para todos os participantes adultos e R$ 230,00 (Duzentos e trinta reais) para os participantes juvenis.

4.3 – Semestralidade FPBOL – R$ 50,00 (cinquenta reais) – para os atletas que ainda não tenham participado de evento em 2018.

4.3.1. – Semestralidade CBBOL – R$ 50,00 (cinquenta reais) – para os atletas que ainda não tenham participado de evento em 2018.

4.4 – Os pagamentos poderão ser feitos por meio de depósito bancário até o dia 28 de fevereiro de 2018.

CONTA BANCÁRIA

BRADESCO – Agência 0197 – c/c 86.505-2
FEDERAÇÃO PAULISTA DE BOLICHE
CNPJ n.° 58.495.383/0001-04

4.5.Os comprovantes de depósitos deverão ser enviados para os e-mails financeiro@fpbol.org.br * e presidencia@fpbol.org.br *

*Esses e-mail estão protegidos contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

4.6. Quanto ao depósito do pagamento das inscrições dos Tercetos, considerando que poderão ser formados por atletas de Clubes distintos, em exceção à regra,

os atletas deverão direcionar seus depósitos aos e-mails informados, sendo que cada atleta deverá realizar o pagamento de sua inscrição e anuidades, como o disposto nas cláusulas 4.2, 4.3 e 4.3.1.

4.7. Não será permitida a inscrição de atletas inadimplentes ou ainda com pendências financeiras junto a FPBOL e CBBOL, enquanto a pendência não for regularizada.

5. FORMATOS E CATEGORIAS

5.1. CAMPEONATO PAULISTA DE CLUBES 2018

As equipes deverão ser formadas por 4 (quatro) atletas, sendo 1 (um) feminino e 3 (três) masculinos.

Os clubes poderão inscrever mais de uma mulher em cada equipe, porém terá que ficar definido a mulher oficial que irá disputar as fases no feminino antes do início da competição.

As demais mulheres irão concorrer o evento na categoria masculina.

Fica facultado aos Clubes o empréstimo de atletas, desde que devidamente justificado, ou seja,

os Clubes que tiverem atletas para formação de suas equipes principais, poderão emprestar atletas para composição de equipes de outros Clubes.

5.1.1 RESERVAS – Desde que o atleta inscrito não altere a média de inscrição da equipe no evento, cada Equipe poderá até o início da 3.ª Rodada, inscrever até dois atletas reservas,

sendo uma atleta para o feminino e um atleta para o masculino.

Nenhuma divisão de qualquer categoria será formada por menos de quatro clubes.

As divisões serão montadas de acordo com o número de inscritos e médias das equipes inscritas.

5.2. CAMPEONATO PAULISTA DE EQUIPES 2018

As equipes deverão ser compostas por 3 (três) atletas, em Categoria única: Masculino.

Ou seja, na eventualidade de Tercetos mistos, disputarão na Categoria Masculina.

No caso de equipes formadas por atletas de clubes diferentes, não haverá cômputo de pontuação para o Melhores do Ano.

§1° – Nenhuma divisão de qualquer categoria será formada por menos de quatro equipes.

As divisões serão montadas de acordo com o número de inscritos e médias das equipes inscritas.

6. DAS DIVISÕES

Na formação das divisões, serão obedecidos os seguintes critérios:

6.1 – As divisões serão formadas no mínimo, por 4 equipes, podendo variar conforme a quantidade de inscrições.

6.2 – Para formação das divisões, será observada, pela ordem: a média dos quatro atletas, com base no último Ranking Geral existente

6.3 – Para os atletas que vierem a filiar-se à FPBOL antes do início do evento, a média base será de responsabilidade da Diretoria Técnica da FPBOL.

6.4 – Atleta inativo há mais de dois anos, terá sua média atribuída pela Diretoria Técnica da FPBOL.

6.5 – As divisões do all events individual serão formadas pelo numero total de inscritos divididos em números iguais ou próximos por divisão.

Exemplo: 60 homens participantes, 4 divisões de 15 ou 3 divisões de 20, classificados de acordo com a média individual do ranking geral 2018.

7. DA FORMA E FASES DA DISPUTA

7.1 – CAMPEONATO PAULISTA DE CLUBES 2018

Os eventos serão disputados no sistema de pontos ganhos por fases.

Ao final, o Clube do evento que somar maior número de pontos será consagrada campeã, conforme TABELA DE PONTOS abaixo.

7.2 – O campeonato será disputado em 34 (trinta e quatro) partidas distribuídas em 3 (três) rodadas com 6 (seis) partidas e uma última rodada com 16 (dezesseis) partidas formato baker.

7.3 – FASES EM DISPUTA

* 1.ª FASE – Individual Masculino e Feminino
* 2.ª FASE – Duplas Mistas e Duplas Masculina
* 3.ª FASE – Individual Masculino e Tercetos Mistos
* 4.ª FASE – Equipes no formato Baker

Sistema baker: cada atleta da equipe iniciará o dia com um número, atleta 1, atleta 2, atleta 3 e atleta 4. Os quatro atletas jogarão a mesma partida.

Exemplo: 1.ª partida: o atleta 1 joga os frames 1, 5 e 9, o atleta 2 joga os frames 2, 6 e 10 (fechamento), o atleta 3 joga os frames 3 e 7, o atleta 4 joga os frames 4 e 8.

Partida seguinte: o último a jogar foi o atleta dois que jogou o frame 10 na partida anterior, nesta segunda partida começa com o atleta 3 e esta sequência continua durante toda a fase.

Em hipótese nenhuma será aceito a alteração da ordem inicial escolhida, pois assim todos os atletas da equipe irão jogar a mesma quantidade de frames.

Observação: para efeito de pontuação na Fase Individual (M/F), a divisão do atleta será considerada a mesma na qual estiver disputando pela Equipe.

7.4 – No caso de empate em quaisquer das fases disputadas, os pontos serão divididos, não havendo critério de desempate.

7.5 – TABELA DE PONTUAÇÃO

7.6 – CAMPEONATO PAULISTA DE EQUIPES 2018

Para efeito de premiação, será seguido o critério de pinos derrubados ao final de 24 (vinte e quatro) linhas.

7.6.1 – Para efeito de premiação de tercetos, deverá ter no mínimo 4 Equipes (tercetos) inscritas.

No caso da premiação all events categoria Feminina, não havendo o mínimo de 4 (quatro) atletas na disputa, concorrerão em categoria única, com o Masculino.

7.6.2 – Para o ranking paulista serão computados o total das 3 primeiras rodadas somando 18 linhas (assim como o ranking dos demais participantes do clubes).

A rodada final será somente para efeito de classificação do paulista de equipes.

8. DO POSICIONAMENTO NAS PISTAS

8.1 – O posicionamento dos atletas se dará pelas médias das equipes.

8.2 – Na fase de equipes (baker) do Campeonato Paulista de Clubes, será posicionada um Time (quatro atletas) por pistas.

8.3 – No Campeonato Paulista de Equipes (Tercetos), a critério da Diretoria Técnica e de acordo com o número de inscritos, o posicionamento das equipes (Tercetos) poderá ser em uma pista ou par de pistas.

8.4 – Mudança de pistas a cada partida, à direita.

8.5 – Na quarta rodada com o Sistema Baker a mudança de pistas será a cada 2 (duas) linhas, à direita.

9. DA PREMIAÇÃO DO CAMPEONATO

9.1. CAMPEONATO PAULISTA DE CLUBES 2018

Pela somatória de pontos obtidos em todas as fases, serão premiados:

9.1.1 – Medalhas aos atletas que obtiverem até o 3.º lugar nas fases: Individual, Duplas (Mistas e Masculinas), Tercetos Mistos e tTimes (Equipes baker).

9.1.2 – Medalhas aos atletas classificados até a 3.ª posição no all events individual de cada divisão.

9.1.3 – Ao final das 34 (trinta e quatro) partidas, o Clube que tiver somado o maior número de pontos em cada divisão, será consagrado com o Troféu de Clube CAMPEÃO,

com medalhas aos atletas das Equipes (Clubes) que obtiverem até o 3.º lugar de cada divisão.

9.2 – CAMPEONATO PAULISTA DE EQUIPES (TERCETOS) 2018

Pela somatória de pinos derrubados ao final de 24 (vinte e quatro) linhas:

9.2.1 – Medalhas aos atletas dos Tercetos que obtiverem até o 3° lugar de cada divisão.

9.2.2 – Medalhas aos atletas classificados até a 3ª. posição no all events individual de cada divisão.

10. DA DISCIPLINA E REGRAS DE DISPUTA

10.1. DOS ATRASOS/FALTAS DOS ATLETAS

10.1.1. Segundo normas da W.T.B.A., qualquer jogador que chegar atrasado, poderá iniciar sua participação no par de pistas designado.

Respeitando o frame e ordem de jogo de suas respectivas pistas, computando-se “zero” para os frames completados;

10.1.2. Não poderá ser usado o BLIND.

10.1.3. Para efeito de all events, serão computadas somente as partidas efetivamente jogadas e a classificação será observada pelo total de pinos derrubados.

10.2. RITMO DE JOGO

A FPBOL se reserva o direito de aplicar regras próprias para o evento, em razão do número de participantes e adequação de cumprimento das exigências da casa comercial quanto o horário de liberação de pistas.

10.2.1. JOGO LENTO – os atletas deverão respeitar, ao posicionar-se para execução do arremesso, uma pista à sua direita e uma pista à sua esquerda.

Competidores do mesmo par de pistas não deverão fazer arremessos consecutivos, sem permitir que os jogadores da pista à esquerda e a direita, façam seus lançamentos.

Ressalvada a hipótese que não estejam prontos para seus respectivos arremessos.

Clique aqui e veja como se aplica essa regra.

10.2.2. Será considerado JOGO LENTO, no caso de que qualquer jogador(es) em seu(s) respectivo(s) par(es) de pistas, estejam mais de 2 (dois) frames atrasados em relação aos demais competidores.

Excluídos os pares de pistas localizadas nas extremidades (exemplos: 1-2 e 19-20).

10.2.3. Havendo constatação de JOGO LENTO, o(s) atleta(s) serão advertidos por pessoa autorizada pela FPBOL, respeitado o limite de duas advertências no evento.

Havendo 3.ª constatação de JOGO LENTO, será computado “zero” no frame, ao(s) atleta(s) advertido(s).

10.3. FUMO – BEBIDAS E ALIMENTOS

A fiscalização será rigorosa nas dependências da casa comercial, como banheiros (WC) e área interna do boliche.

Caso o atleta se ausente do local, deverá comunicar o fiscal, e se ao iniciar a partida e no momento de sua jogada estiver fora das dependências do boliche, receberá ZERO no frame.

No caso do fiscal, membro da comissão de arbitragem ou funcionários da casa constatarem nas áreas do boliche, como WC, salas, etc, indícios como cheiro ou bitucas de cigarros e afins, serão aplicadas a seguintes penalidades:

§1.° Caso um atleta seja pego fumando durante uma partida, a mesma será zerada para efeito de pontuação.

OBS. O fiscal/árbitro tem outorga de poderes e fé pública para aferir a prática de irregularidades, o fumo em hipótese alguma poderá atrapalhar o andamento do evento.

10.3.1 – Não será permitido consumir bebidas alcoólicas durante o jogo.

Após o encerramento de seus turnos, a liberalidade do consumo de bebidas alcoólicas será respeitada, desde que o(s) atleta(s) não esteja(m) trajado(s) com uniforme(s)/camiseta(s) alusiva(s) ao esporte.

10.3.2. O consumo de demais Bebidas e ALIMENTOS, será permitido FORA DA ÁREA DE JOGO, devendo os atletas, utilizarem-se dos balcões e mesas localizados fora da área de competição.

10.4. DA ALTERAÇÃO DE SUPERFÍCIE- APPROACH – SAPATOS

Deverão ser observadas as regras WTBA, quanto ao uso de substâncias químicas.

No intervalo entre partidas, poderá ser alterada a superfície das bolas, antes do primeiro arremesso do atleta, e jamais na área de jogo.

Observando que as bolas deverão ser limpas após qualquer alteração de sua superfície.

10.3. Não será permitido o uso de talcos ou quaisquer produtos no APPROACH, tampouco nos sapatos dos competidores.

10.4. DAS REGRAS GERAIS

As equipes deverão estar rigorosamente uniformizadas, com camisas idênticas alusivas ao esporte BOLICHE, a partir da primeira rodada.

É permitido o uso de bermudas.

10.4.1. Caso seja constatado descumprimento do item 10.4, após o início da disputa, o atleta terá zerado seus resultados das partidas jogadas.

10.4.1.2. Caso seja constatado descumprimento as regras previstas no item 10.4, antes do início da disputa, o atleta não participará do turno ou partidas, até que esteja vestido adequadamente.

10.5. Fica terminantemente proibida a permanência de pessoas estranhas, na área de jogo.

Sendo facultado apenas na hipótese de autorização prévia da organização, a presença de técnicos nomeados apenas um por par de pista.

11. BATE BOLA (AQUECIMENTO)

Somente haverá “bate bola” para aquecimento, no inicio de cada série (10 minutos).

12. CONDICIONAMENTO DE PISTAS

12.1 –Será utilizado um dos condicionamentos Bank 40′ 2018 WB, até dia 28/02/2018 será feito o sorteio.

13. DA ORGANIZAÇÃO

É de responsabilidade da FPBOL (Federação Paulista de Boliche) a organização do evento.

13.1. Todos os resultados serão computados após o término da linha, devendo ser conferidos pelos atletas, ANTES DA ENTREGA das súmulas respectivas.

Havendo quaisquer anotações equivocadas, deverão solicitar a atleta de qualquer dupla adversária, para que viste eventuais correções e/ou rasuras em suas anotações.

13.2. Os resultados serão afixados em áreas pré-determinadas pela Organização.

Devendo todos observar que o prazo para reclamações e/ou correções será de até uma hora após o término do turno ou ANTES DO INICIO DO TURNO SEGUINTE.

Não havendo manifestação dentro do prazo estipulado, os lançamentos serão considerados regulares.

13.3. Todos os esclarecimentos, reclamações e solicitações dos atletas relativos ao evento deverão ser encaminhadas por intermédio de Dirigente ou Representante de seu Clube.

14. DISPOSIÇÕES FINAIS

Este regulamento é válido apenas para o Campeonato Paulista de Clubes 2018 & Equipes.

Aos casos omissos no presente Regulamento serão aplicadas as Regras desportivas pertinentes (WORLD BOWLING, WTBA, NORMABOL), ou quaisquer outras previstas para a prática desportiva BOLICHE.

PAULO MARTINS – Presidente FPBOL

FELIPH ROSA – Diretor Técnico FPBOL


A FPBOL (Federação Paulista de Boliche)

A entidade estadual paulista foi fundada em 14 de janeiro de 1986, para administrar o esporte boliche.

O escopo básico desta Federação é difundir e incentivar a prática e o ensino do Boliche no Estado de São Paulo.

A FPBOL tem autoridade legal, também, para cumprir e fazer cumprir todos os atos de poderes ou órgãos de hierarquias superiores.

A FPBOL é filiada ao Boliche Brasil, a Confederação Brasileira de Boliche.

Boliche Brasil foi fundada em 1.° de dezembro de 1993, após o desmembramento da modalidade da Confederação Brasileira de Desportos Terrestres.

Boliche Brasil é reconhecida e vinculada ao COB – Comitê Olímpico Brasileiro, e também filiada ao:

World Bowling – Confederação Mundial de Boliche,

PABCON – Pan American Bowling Confederation,

CSB – Confederación Sudamericana de Bowling,

CIByB – Confederación Iberoamericana de Bowling y Bolos.

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE