A PRIMEIRA BRASILEIRA NO USBC QUEENS

By
Updated: maio 23, 2016

 A primeira brasileira no USBC Queens

Novamente a jovem brasileira Stephanie Martins fez história no boliche nacional.

Ela é filiada à FPBOL (Federação Paulista de Boliche) através do Esporte Clube Pinheiros.

Em novembro do ano passado, em Las Vegas, Estados Unidos, Stephanie já havia realizado duas conquistas inéditas.

Durante a 51st QubicaAMF Bowling World Cup, foi a primeira brasileira a liderar uma fase classificatória.

Posição que nem mesmo os homens que representaram o Brasil conseguiram até então.

E também, atingiu a melhor média feminina brasileira até a 51.ª edição do mais importante evento mundial de boliche.

Desta vez, como recém inscrita na PWBA (Professional Women Bowlers Association),
situação também inédita para uma jogadora brasileira,
Stephanie classificou-se novamente para o USBC Queens.

Um dos mais tradicionais eventos do boliche mundial, é realizado há 55 anos, desde 1961, e é homologado pelo USBC (United States Bowling Congress).

Foram quinze partidas classificatórios em três dias, com cinco partidas por rodada.

As 63 melhores classificadas, mais a campeã do ano anterior, prosseguem na disputa pelo título, jogando séries de três partidas eliminatórias em confronto direto.

Stephanie somou 3224 pontos e fez a média de 214,93 nas 15 linhas classificatórias, dessa forma:
225 + 190 + 210 + 195 + 222 (1042 média 208,40)
> Terminou na 51.ª posição na 3.ª rodada, entre 256 participantes.
233 + 222 + 237 + 211 + 235 (1138 média 227,60)
> 47.ª posição na 2.ª rodada
264 + 175 + 175 + 246 + 184 (1044 média 208,80)
> 95.ª posição na 1.ª rodada

Clique aqui para ver os resultados completos da Fase Classificatória

Atualizando:

No Match Play Eliminatório, Stephanie Martins perdeu para a norte-americana Shannon Pluhowsky (581 X 687). Teve nova chance na repescagem, porém perdeu para outra norte-americana, Hollyann Johansen (588 X 651).

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE