GLOSSÁRIO DO BOLICHE

Nesse Glossário do Boliche apresentamos uma lista em ordem alfabética dos termos de conhecimento restrito aos praticantes assíduos, federados ou profissionais do esporte Boliche.

Com o tempo foi criado um linguajar próprio para algumas jogadas de Boliche, conheça a definição delas:

GLOSSÁRIO DO BOLICHE: 1-A-B

1001 – apelido da figura formada quando restam os pinos 7-10. É o ” split” mais difícil para se fechar o “spare”, porém o seu fechamento não é impossível. Alguns jogadores já conseguiram esse feito geralmente usando a tabela lateral.

2002 – apelido da figura formada quando restam os pinos 4-6-7-10. (em inglês: big ears ou big four ou golden gate)

All Events – total geral da pontuação de todas as partidas disputada no evento. Geralmente é usado para classificar individualmente o atleta, somando-se todas as partidas disputadas, independentemente das fases do evento (que podem ser individual, duplas, tercetos, quartetos, quintetos, sextetos ou times)

approach – área anterior à pista até a linha de falta, onde o jogador caminha fazendo os movimentos para o arremesso da bola.

back up – jogada de efeito em que a bola lançada com o braço direito faz uma curva (hook) à direita, ou quando lançada com o braço esquerdo faz uma curva (hook) à esquerda.

baby split – figura formada quando restam dois pinos para a segunda jogada (podem ser os pinos 2-7 ou 3-10).

blind – pontos computados ao jogador ausente numa rodada de um torneio ou campeonato. Geralmente considera-se a média do jogador menos 10 pontos.

bola morta – alerta do fiscal de pista ou de outro jogador quando percebe que falta algum pino no lançamento da primeira bola, invalidando a jogada.

break point – espaço onde a bola jogada com efeito “prende-se” à pista fechando a sua trajetória em direção ao “pocket”.

broche de ouro – quando se consegue três “strikes” consecutivos no fechamento da linha.

GLOSSÁRIO DO BOLICHE: C-D-E-F

canaleta – depressão que existe à esquerda e à direita da pista, destinada a evitar que a bola invada as pistas vizinhas.

double – (ou “ligue”) quando se consegue dois “strikes” consecutivos.

dutch 200 – uma partida de exatamente 200 pontos conseguida através de “strikes” e “spares” alternados.

encarar – quando a bola atinge o pino frontalmente, geralmente resulta em “split” ou “furo”

five bagger – (ou “quina-ligue”) quando se consegue cinco “strikes” consecutivos.

four bagger – (ou “quadri-ligue”) quando se consegue quatro “strikes” consecutivos.

frame – cada uma das dez jogadas possíveis, cada “frame” (tradução: quadro) permite a jogada de até duas bolas (se fizer “strike” na primeira bola lançada muda-se para o próximo “frame”). O décimo “frame” permite três bolas desde que se consiga primeiramente um “strike” ou um “spare”

fritar ou furar – errar totalmente o(s) pino(s). (em inglês “open” ou “miss”)

GLOSSÁRIO DO BOLICHE: G-H-I

game – (partida ou linha) consiste em dez jogadas (“frames”) para cada jogador, sendo que em cada delas o jogador tem direito a dois arremessos no máximo, para derrubar todos os pinos.

handicap (hdp) – vantagem numérica utilizada para haver equilíbrio entre jogadores de níveis diferentes, resultante de um cálculo segundo uma fórmula que varia conforme as regras do evento

hook – jogada de efeito em que a bola lançada com o braço direito faz uma curva à esquerda, quando o jogador é destro, ou quando a bola lançada com o braço esquerdo faz uma curva à direita, quando o jogador é canhoto

house ball – denominação das bolas de boliche destinada ao público pelos centros de boliche

in a row – (tradução: “na fila” ou “em seguida”) mensagem que aparece em alguns monitores do sétimo ao décimo-primeiro “strikes” consecutivos.

GLOSSÁRIO DO BOLICHE: J-L-M

João e Maria – figura que resulta da posição de dois pinos, um atrás do outro, restantes após o primeiro lançamento (podem ser os pinos 1-5 ou 2-8 ou 3-9).

linha – (partida ou game) consiste de dez jogadas (“frames”) para cada jogador, sendo que em cada delas o jogador tem direito a dois arremessos no máximo, para derrubar todos os pinos.

linha/partida real – quando se consegue completar uma linha somente com “strikes” e/ou “spares”.

linha/partida perfeita ou 300 – quando se consegue completar uma linha somente com “strikes”. O máximo que se consegue numa mesma linha são 12 “strikes”, embora tenha 10 frames, o décimo “strike” consecutivo numa mesma linha dá o bônus de mais 2 jogadas extras. A pontuação máxima, sem “handicap”, é de 300 pontos.

mensageiro ou pescador – apelido do pino que atravessa o pin-deck depois dos demais. Por sorte, às vezes, esse pino derruba o último pino em pé.

GLOSSÁRIO DO BOLICHE: P-Q

pacer – (pronuncia-se “pêicer”) Denominação do jogador que participa de uma ou mais rodadas de um torneio, porém sem que sua pontuação seja considerada na classificação. Geralmente o “pacer” substitui alguém para completar o grupo e não alterar o ritmo de jogo.

partida – (linha ou game) consiste de dez jogadas (“frames”) para cada jogador, sendo que em cada delas o jogador tem direito a dois arremessos no máximo, para derrubar todos os pinos.

pêndulo – movimento realizado para lançamento lançamento da bola.

pin deck – área localizada no final da pista, onde ficam os 10 pinos montados em formato triangular

pino mestre – apelido do pino 1. Diz-se que o jogador erra a jogada quando a primeira bola não atinge o pino 1.

pocket – (em inglês significa “bolso”) diz-se quando a bola “encaixa” com precisão entre entre os pinos 1-3, quando o jogador é destro ou 1-2 quando é canhoto.

poff – quando restam dois pinos próximos um do outro e a segunda bola acerta apenas o pino da frente.

qualifying – denominação de um torneio classificatório, normalmente destinado a selecionar um grupo de jogadores que irão participar de outro evento.

GLOSSÁRIO DO BOLICHE: R-S

railroad – figura formada quando restam pinos separados por distancia maior, o que torna obrigatório o lançamento de um ou mais pinos sobre o(s) outro(s). (por exemplo: 4-10, 6-7, 5-7, 5-10, 2-10, 2-4-10 etc) * vide “split”

round robin – sistema de disputa no qual cada jogador joga contra todos os outros conforme uma tabela escalonada

six pack – (ou “sena-ligue”) quando se consegue seis “strikes” consecutivos.

spare – derrubar os pinos restantes na segunda jogada (seu símbolo é um travessão /).

split – figura formada quando restam pinos afastados um do outro (exceto quando um deles é o pino 1), dificultando o fechamento do “spare”. Obs.: em alguns monitores tal jogada é sinalizada por um retângulo ou círculo vermelho em volta do número de pinos derrubados na primeira jogada.

split “garaginha” – figura formada quando restam dois pinos paralelos sendo possível derrubá-los passando a bola entre os dois (podem ser os pinos 2-3 ou 4-5 ou 5-6 ou 7-8 ou 8-9 ou 9-10).

scratch – denominação da pontuação obtida sem o acréscimo do “handicap”

strike – derrubar todos os dez pinos na primeira jogada, cujo símbolo é a letra X. É o gol do boliche!

GLOSSÁRIO DO BOLICHE: T-W

turkey – (ou “tri-ligue”) quando se consegue três “strikes” consecutivos (em inglês” turkey” significa “peru”, daí surgir em alguns monitores de vídeo o desenho dessa ave). Em alguns centros de boliche nos Estados Unidos, durante o Dia de Ação de Graças, costumava-se premiar o primeiro jogador a fazer 3 strikes consecutivos com um peru, daí o apelido dessa jogada.

washout – Figura formada quando restam os pinos 1-2-4-10 ou 1-2-10 para os destros ou 1-3-6-7 ou 1-3-7 para os canhotos.

Clique aqui e conheça o glossário do boliche dos norte-americanos.

COMO JOGAR BOLICHE?

Clique aqui e aprenda como jogar boliche de uma forma rápida e simples.

COMO É A CONTAGEM DOS PONTOS NO BOLICHE?

Clique aqui e aprenda como se faz a contagem dos pontos numa partida de Boliche.