O ESPORTE BOLICHE

DEFININDO O ESPORTE BOLICHE

O esporte boliche, conforme registro no Webster – o Dicionário Mundial, se encaixa perfeitamente na descrição do Boliche como esporte.

Registra o Webster que qualquer atividade recreativa que requer esforço completo e contínuo, tanto ao ar livre, como golfe, ou em lugar fechado, como acontece com o Boliche, que são considerados esportes.

Segundo o Novo Dicionário da Língua Portuguesa de Aurélio Buarque de Holanda Ferreira:

Esporte é o conjunto dos exercícios físicos praticados com método, individualmente ou em equipes.

OS JOGADORES DE BOLICHE SÃO ATLETAS?

Missy Parkin (EUA)

Novamente recorremos ao Dicionário do Aurélio que define atleta como “qualquer pessoa que pratica esportes“.

O dicionário Webster que diz que “atleta é a pessoa que treinou para competir no atletismo” e completa definindo atletismo como “exercícios e jogos que requerem habilidade física, força e resistência”.

Portanto o esporte Boliche enquadra-se perfeitamente nessas definições, especialmente quando analisamos um atleta federado que participa de torneios oficiais.

O ESFORÇO FÍSICO NO BOLICHE

Normalmente um campeonato é composto por 24 partidas classificatórias.

Os atletas da 1.ª divisão jogam em média 14 bolas durante uma partida, o que significa ter que manter a precisão em 80/90 lançamentos por rodada de 6 partidas.

São cerca de 360 lançamentos precisos de uma bola com 7kg somente na fase de classificação, que somados aproximam-se dos 2.500kg lançados por um só braço, geralmente em competições que duram 4 dias seguidos.

Peter Weber (EUA)

Acrescente-se, ainda, o esforço sofrido pela perna de apoio que sustenta o peso do atleta e da bola no momento do lançamento.

Todo esse peso, ainda, é multiplicado pela velocidade da caminhada, formando um conjunto de movimentos que é considerado um dos mais belos e vigorosos do esporte.

O FATOR MENTAL

Além disso, leve-se em conta que a tensão durante uma final de alto nível pode ultrapassar facilmente os limites tolerados pelo corpo humano.

No boliche competitivo, a coordenação braço e mente deve ser, no mínimo, perfeita.

Certas partes do corpo são exigidas ao extremo como tendões, ligamentos, músculos, sistema cardiovascular e mente.

Alguns jogadores campeões aplicaram no Boliche os conhecimentos de outros esportes e vice-versa.

Por exemplo, boxeadores, maratonistas, arqueiros, patinadores,  jogadores de basquete, futebol, beisebol, etc.

O BOLICHE TEM DESAFIO SIGNIFICATIVO?

Brian Voss (EUA)

Ao contrário da maioria das outras atividades esportivas, os adversários do Boliche são objetos inanimados: a pista e os dez pinos.

Por isso este oponente não pode ser intimidado pela inteligência, conhecimento, experiência ou capacidade.

No entanto, pode criar – e sempre cria – uma imensa variedade de desafios competitivos, ou seja, como o ambiente sofre várias influências.

Por exemplo: no final da pista (“pin-deck”) há 10 pinos dispostos numa configuração triangular.

Cada um dos pinos tem 50 cm de altura e pesando aproximadamente 1,5 kg.

Os pinos são posicionados a 18m da área de lançamento (“approach”).

O atleta deve lançar uma bola que pesa cerca de 7 kg com no máximo 22cm de diâmetro em direção aos pinos.

Para orientação do saque o atleta mira  nas setas marcadas em algumas das 39 tábuas de 2,75cm de largura cada.

Tudo isso significa o alto grau de concentração e precisão exigido do atleta.

A quase totalidade dos strikes* resulta do sincronismo perfeito dos movimentos necessários para um ótimo lançamento.

*(derrubar todos os 10 pinos na primeira bola jogada)

O Esporte Boliche é controlado pela instituição internacional World Bowling,

Veja também > COMO JOGAR BOLICHE > HISTÓRIA DO BOLICHE

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Número de praticantes

Mais de 100 milhões de pessoas em 90 países jogam boliche pelo menos uma vez por ano.

Mais de 12 milhões de pessoas no mundo competem em ligas de boliche organizadas.

Existem mais de 260.000 pistas de jogo de boliche em mais de 16.000 centros no mundo.

Mais de 10 milhões de partidas são jogadas diariamente.

A movimentação financeira

A indústria de jogo de boliche gasta significativamente mais dinheiro a cada ano que qualquer outro esporte em transportes aéreos e terrestres, restaurantes, hotéis e locação de veículos.

Os Jogadores de boliche excedem as médias nacionais de renda.

A competitividade esportiva

35% dos jogadores de Boliche são mulheres e, em condições normais, as mulheres têm as mesmas chances que os homens.

O COI também apoia a objetividade nas competições.

O Boliche é um dos esportes que menos tem a ver com as opiniões subjetivas de juízes, pois basta registrar quem faz mais pontos.

Finalmente, no Boliche os países menores têm uma chance razoável de ganharem medalhas quando possuem atletas talentosos, assim como no Tiro e no Arco e Flecha.

Sem dúvida o Boliche é o mais democrático dos esportes, com milhões de praticantes e espectadores em todos os continentes.