CBBOL DIVULGA A CONVOCAÇÃO PARA OS CAMPEONATOS SUL-AMERICANOS 2012

By
Updated: setembro 21, 2012

COMUNICADO ESPECIAL (24.09.2012)
Comunicamos que apos a divulgação (abaixo) da seleção do Sulamericano, recebemos algumas interpelações e consultas, que estão sendo criteriosamente analisadas em função de seus aspectos técnicos e esportivos e possíveis conseqüências dentro da legislação desportiva, brasileira e internacional e ainda no dia de hoje divulgaremos um comunicado final.

Uma vez mais conclamamos a todos, em nome da melhor equipe brasileira neste evento em nossa terra, a buscarmos uma união de forças tanto nas pistas, quanto na organização do evento, esquecendo divergências pessoais em nome do Desenvolvimento do Boliche.

Cesar Maciel – Presidente

COMUNICADO 21.09.2012

O Presidente da Confederação Brasileira de Boliche – CBBOL no uso de suas atribuições e conforme previsão estatutária, após análise da Diretoria Técnica, seguida de parecer da Diretoria Jurídica, divulga a Convocação dos atletas para formarem a Seleção Brasileira que representará nosso país nos Campeonatos Sul-Americanos que acontecerão no NeoGeo Bowling, em Guarulhos/SP, de 14 a 20 de outubro de 2012.

Necessitamos da confirmação dos convocados através da Federação Estadual num prazo de 72 horas, neste ato informando o tamanho da camisa.

Neste momento arcaremos com as inscrições, uniformes e hotel, para os não paulistas (parcial ou integral a definir).

Para que produza seus efeitos

Cesar Maciel – Presidente

.

(corrigida e ratificada em 04.10.12)

FEMININO ADULTO
1 – ROSELI SANTOS
2 – ROBERTA RODRIGUES
3 – MARIZETE SCHEER
VT – STEPHANIE MARTINS
RESERVA: JAQUELINE COSTA

MASCULINO ADULTO
1 – RENAN ZOGHAIB
2 – MÁRCIO VIEIRA
3 – TUCA MACIEL
4
 – JULIANO OLIVEIRA
RESERVA: CHARLES ROBINI

SENIOR FEMININO
1 – MARLENE BONACINA
CB – CRISTINA MUELAS
RESERVA: TITILA ALVAREZ

SENIOR MASCULINO
1 – PAULO SOARES
CB – CARLOS SALGADO
RESERVA: RENATO CASTELLÕES

SUPER SENIOR FEMININO
1 – MARIA SANTOS
CB – LIRA CORAZZA
RESERVA: MÉRIA LANZNASTER

SUPER SENIOR MASCULINO
1 – MARIO ASSAD
CB – OSCAR MARIN
RESERVA: PENINHA CHOAIRY

JUVENIL FEMININO
1 – CAROLINA ARAUJO SIQUEIRA
CB – ISABELA MACIEL
RESERVA: THAÍS MIYUKI

JUVENIL MASCULINO
1 – BRUNO COSTA
CB – THIAGO FELICETTI
RESERVA: BERNARDO ABREU

53 Comentários

  1. Karla Redig

    21 de setembro de 2012 at 09:49

    Mais uma lambança CBBOL Que eu saiba e está divulgado, a campeã brasileira Senior é a Tininha! Mais uma vez criando regras que não são cumpridas.. O Termo que era obrigado a ser assinado e que nunca foi divulgado não serviu pra nada. Essa é a CBBOL !!! Por isso que nosso esporte tem cada dia menos praticantes.

  2. Décio Abreu

    21 de setembro de 2012 at 10:13

    Interessante, o campeão brasileiro Flavio está fora…

  3. Jamil Sales

    21 de setembro de 2012 at 12:00

    Décio, o Flávio foi campeão em 2011. O atual campeão é o Carlos Salgado, assim como o atual campeão super sênior é o Oscar. O título garantiu a vaga no Sulamericano.
    Agora, eu particularmente entendo que a convocação feminina deveria ser feita toda pelo ranking, uma vez que o campeonato sênior e super sênior feminino deste ano só contou com a participação de três jogadoras em cada modalidade. Juntaram as seis em um evento único e declararam a campeã (Tininha, que estava inscrita no super sênior) como Campeã Brasileira Sênior, e a Sarah (inscrita no sênior) como vice – mais uma trapalhada! Pra contemporizar, imagino, convocaram a Tininha no super sênior e a Sarah no sênior. E a Titila “que se lasque”, não? Pelo último ranking divulgado (08/08), ela está à frente das demais (???).
    Outra coisa, o Comunicado 09/2012 da CBBOL, trouxe a tal consulta aos jogadores que tinham interesse em participar de eventos internacionais. Nela, os jogadores assinavam abaixo da seguinte declaração: “Eu, como atleta da CBBOL acima qualificado, assumo, caso seja convocado, que irei participar dos campeonatos por mim selecionados acima, nas condições apresentadas, ficando ciente que em caso de desistência após a confirmação, exceto por motivos médicos comprovados, ficarei suspenso por um período de 2 semestres, após o fim da atual consulta”.
    E aí??? :º)

  4. Jamil Sales

    21 de setembro de 2012 at 12:25

    Décio, foi mal!
    A Sarah me alertou que te referes ao Flávio Castelões (ÓBVIO!) e não ao Flávio Alonso, como pensei. :-p

  5. Karla Redig

    21 de setembro de 2012 at 14:18

    Jamil, sua colocação está correta… o que eu discuto é que por que as mulheres tiveram que ir jogar na Bahia para depois a CBBOL convocar quem nem foi… A Tininha foi campeã.. tem direito a escolher o campeonato que ela quer jogar. Garanto que o Márcio Vieira prefere jogar o Adulto ao invés do Senior.. Mesmo caso da Tininha que prefere o Senior ao Super Senior..
    Outra coisa diz respeito ao Comunicado que ninguem nunca viu quem confirmou e quem não confirmou.. enfim.. essa é a CBBOL.. nem sei para que publica regras…

  6. Renan Zoghaib

    21 de setembro de 2012 at 15:29

    Estou aqui apenas para confirmar minha vaga, INFORMALMENTE…
    A confirmação formal já foi encaminhada ao presidente do Fpbol…

  7. Roseli Santos

    21 de setembro de 2012 at 23:43

    Para que nosso esporte tenha uma seriedade, se faz necessária a divulgação da lista que fomos obrigados a enviar na data solicitada pelo Presidente, oficializando o nosso interesse nos Torneios para representar nossa Pátria.

    É do conhecimento de muitos que Las Vegas tivemos atletas que confirmaram a presença e não foram ao evento. O Atleta que não cumprir por motivo de doença o compromisso, será punido por 02 semestres de convocação.

    Senhor juridico gostaria de um parecer sobre o documento de compromisso do atleta e da Convocação feita com atletas punido em 2 semestres.

    Roseli Santos

  8. Charles Robini

    22 de setembro de 2012 at 11:04

    Essa seleção não diz quem tem jogado melhor, é simplesmente quem participa de mais torneios. De acordo com o novo ranking eu joguei 6 torneios dos 9 válidos, isso dá uma porcentagem de 66% e o Tuca Maciel jogou todos. Vamos a comparação dos torneios válidos:
    > Taça Bahia 2011: Charles 214,01 e Tuca 207,8
    > Brasileiro de Clubes 2011: Nós jogamos em boliches diferentes, mas mesmo assim obtive maior média.
    > Taça São Paulo, Taça BH, Taça Brasília: não joguei por motivos profissionais
    > Brasileiro de Tercetos: Charles 188,8 e Tuca 207,8
    > Taça Rio: Charles 204,4 e Tuca 189,6
    > Brasileiro de Clubes: Charles 200,1 e Tuca 186,6
    > Brasileiro Individual: Charles 188,0 e Tuca 178,1
    Então essa seleção NÃO REFLETE QUEM GANHA NAS PISTAS, só reflete quem joga mais.

    E digo mais, procurem SER DIRETOR TÉCNICO, porque no Brasileiro Individual o atleta e Diretor Técnico Tuca Maciel lixou uma bola durante a partida na frente de todos e QUAL FOI A PUNIÇÃO? Nenhuma né? Que VERGONHA!

    Adicionando, no ano passado fui jogar as finais do Brasileiro Individual e após o turno fui lixar a bola, o mesmo Diretor Técnico Tuca Maciel vetou a minha bola e depois ao conferirmos qual seria a regra correta, eu estaria apto pelo fato de o turno já ter acabado. Então, para me punir, o mesmo Diretor tinha conhecimento para aplicar a regra, mas a REGRA NÃO VALE QUANDO É APLICADA SOBRE ELE MESMO. Essa é a CBBOL que administra o nossa esporte, QUE VERGONHA!!!

    SEM MAIS!!

  9. Sandra Suzana Donario de Azevedo

    22 de setembro de 2012 at 12:06

    Olá Charles, apenas para esclarecer seus comentários de regras descumpridas em eventos e aplicação de penalidade, não caberia ao Tuca na condição de atleta na pista, atuar no campeonato como dirigente técnico, tampouco como delegado da CBBOL.

    Conforme previsto na NORMABOL e Estatuto, tal função será exercida concomitantemente pelo Responsável pelo evento (federação ou alguém por essa nomeado), a fim de apurar eventuais faltas ou irregularidades que será julgada por comissão nomeada para tal fim. Não cabe ao atleta aplicar a si próprio penalidade. No Campeonato Brasileiro, em disputa de vaga, resta claro o impedimento de um atleta apreciar tais questões. Não se tratam de dois pesos e duas medidas. Tem tantas penalidades que ao longo dos anos deixaram de ser aplicadas, que se o fosse, teríamos um sem numero de atletas fora do ranking.

    A titulo de exemplo: ABANDONO DE JOGO, FALTA DE PAGAMENTO DE SEMESTRALIDADE (inclusive em taças), UTILIZAÇÃO DE PRODUTOS PROIBIDOS NA ÁREA DE JOGO, CONSUMIR BEBIDAS E ALIMENTOS NA ÁREA DE JOGO, entre tantos outros.

    De toda forma, sem o devido processo disciplinar, não há que se falar em penalidades. Por certo que você é um excepcional jogador, porém o ranking reflete a realidade dentro de sua formatação. Para alterá-lo, são necessários procedimentos próprios a serem adotados pelas Federações em Assembléias, definindo o que entenderem pertinente e necessário e não mero bate papo via internet, uma vez que esta na NORMABOL.

    O ranking em vigor e respectiva convocação devem ser respeitados, ressalvada hipótese de algum equívoco de ordem material ou interpretativa.
    abs
    Suzi Azevedo

  10. Charles Robini

    22 de setembro de 2012 at 12:40

    Sandra, OK.

    E o responsável do evento não faz nada e a CBBOL deixa por isso mesmo? Desculpa mas essa sua colocação não é aceitável. Vocês como representantes da CBBOL deviam verificar se o fato ocorreu e estabelecer uma punição ainda mais por ser membro da diretoria, né?

    Se vocês da CBBOL, que têm o poder para colocar a regra em prática não colocam, quem vai colocar? Na MINHA opinião, se uma diretoria não tem capacidade de cumprir a regra, a mesma não tem capacidade de administrar o nosso esporte.

    Quanto aos resultados que eu mencionei, eles falam por si só e vocês mais uma vez não tomaram nenhuma atitude para corrigir isso. Quem ganha na pista tem que ser convocado! Essa distorção não pode ser aceita.

    A CBBOL é o órgão maior do esporte e o mesmo deve CORRIGIR e INTERVIR diante qualquer situação que deixe de cumprir o ESTATUTO E AS REGRAS DO ESPORTE. Então o fato que você menciona que diversas regras deixaram de ser cumpridas também não é aceitável, vocês como atual diretoria devem colocar em prática todas as regras e não ficar dando desculpa que diretorias anteriores não cumpriram as regras TAMBÉM.

    Por favor, não leve nada para o lado pessoal, não tenho nada contra sua pessoa, mas o meu ponto de vista difere do seu, OK?
    Att.
    Charles Robini

  11. Sandra Suzana Donario de Azevedo

    22 de setembro de 2012 at 13:15

    Sem problemas Charles, entendo não ser pessoal.

    Ainda que tenhamos opiniões divergentes, deixe-me apenas esclarecer algo, as entidades filiadas (Federações) devem fiscalizar os eventos no território de sua jurisdição, dando ciência a CBBOL no prazo máximo de 72 horas, através de relatório detalhado de qualquer anormalidade verificada com a indicação dos responsáveis.

    Assim, ao remeter os resultados oficiais, sem indicação de exclusão de pontos de atletas nas sumulas, não há como aplicar penalidades.

    Não apresento desculpas por diretorias anteriores não aplicarem penalidades. O que falei, e acho que não consegui ser clara e que acontece em torneios nos quais eu esteja presente, de me deparar com alguns fatos passíveis de punição, mas que acabam sendo relevados, como os relatados, como utilização de produtos proibidos, alimentação e bebida na área de jogo, abandono de pista, enfim, eu sou muito chata nesse sentido.

    Não me compete julgar algo que não presenciei, tampouco me foi passado oficialmente em sumula, por isso minha opinião emitida de regularidade nas convocações. Posso te assegurar que minha visão é imparcial. Vejo o todo, e só me atenho com provas, documentos formais. Esse é um aspecto do meu dia a dia na advocacia, o que reconheço, me torna absolutamente maçante (palavras da minha família).

    Opiniões divergentes não nos torna inimigos, ok?

    Espero vê-lo nas pistas,

    Abs, Suzi Azevedo

  12. Karla Redig

    22 de setembro de 2012 at 17:09

    Só acho inaceitável um campeonato do porte do Brasileiro Individual não ter um representante da Diretoria da CBBOL presente, salvo o Tuca que naquele momento era Atleta. Não cabe às Federações serem responsáveis por eventos brasileiros. As federações estão para ajudar. É imperativo a presença de Gestores da CBBOL nos eventos Brasileiros. Não são tantos assim.

  13. Danilo Rocha

    22 de setembro de 2012 at 19:00

    Karla, já respondi por e-mail exatamente o que você mencionou, mas quero deixar registrado também neste mural.

    O torneio é de responsabilidade da CBBol e a ela compete nomear pessoas para serem delegados que fiscalizem e resolvam questões relacionadas ao cumprimento das regras nos campeonatos.

    No dia anterior ao início do torneio, perguntei ao presidente quem seria esta pessoa, e ele me passou que os delegados do torneio seriam o Tuca e o Juliano. A FBRJ apenas comunicou o ocorrido e lembrou aos atletas, ao microfone durante o evento, que aquele procedimento iria contra as regras do torneio. Cabe exclusivamente a CBBol decidir sobre o assunto e punir se for o caso.

  14. Sandra Suzana Donario de Azevedo

    22 de setembro de 2012 at 21:44

    De fato, Danilo e Karla, ao final, todos tem razão.

    Temos que ter em mente a previsibilidade da ocorrência de tais fatos, pois o esporte conta com poucos atletas, e ao final temos que muitos ocupam cargos de dirigentes em Federações e mesmo na CBBOL, o que dificulta em razão dos custos, dispor de pessoas imparciais que não estejam disputando, para realizar as funções básicas como delegado, diretor técnico, fiscais do evento e por fim, participar de eventual comissão de arbitragem.

    É um momento de refletirmos para organizar as coisas de forma a que tudo esteja coberto e evite-se a ocorrência de situações como as relatadas.

    Deixo aqui como em meu e-mail, consignado que não há que se falar em culpabilidade da organização, apenas que a previsibilidade da ocorrência de algum problema nos permite refletir que poderá se repetir e devemos nos acautelarmos nesse sentido para que tenhamos sempre nos locais dos eventos, pessoas responsáveis para decidir eventuais ocorrências que exijam medidas emergenciais.

    No momento em que se publica um resultado e sumulas, sem anotações de ocorrências, entendo como válidos os resultados emitidos. Volto a dizer, minha opinião aqui é legalista. Resultados sub judice não podem ser divulgados e os resultados do individual foram levados ao ar, sem qualquer impedimento.

    Temos que trabalhar para um boliche melhor. Problemas existirão sempre, dúvidas e insastifações fazem parte do todo. Sempre acredito que discussões como essa levam a aprimorar o conjunto, com a adoção de medidas satisfatórias.

    Danilo, não veja como crítica à Federação, apenas como observações que temos que ponderar para que não se repitam em outros eventos futuros. Temos que lutar conjuntamente, com sabedoria para resolver as questões com ponderações a fim de não minar mais ainda o esporte e afastar o já reduzido quadro de atletas e praticantes que temos espalhados pelo Brasil.

    Essa é a minha luta sem qualquer interesse pessoal. Vocês jamais me verão “pagar o mico”, sacando uma bola. Sou atleta de coração.
    Abs,
    Suzi Azevedo

  15. Karla Redig

    23 de setembro de 2012 at 21:28

    Não sei muito bem o que ocorreu no Brasileiro Individual mas pelo que me disseram, o Tuca mudou a superficie de uma bola enquanto outros atletas jogavam, no entanto a sua partida já havia terminado e a próxima partida ela ainda não havia jogado qualquer bola. Fui consultar as regras que são bastante ambíguas nesse item e deixa margem para interpretação. Assim sendo, fui consultar órgãos superiores do nosso esporte e obtive a seguinte resposta do Danny Santos, Presidente da Comissão de Competição da WTBA: We have had this incidence during the Asian championships. We informed the coaches and bowlers that in between games means the time he threw his last ball for the previous game to the time he needs to step up and bowl his next game without causing delay to the game.

    Ou seja, nós tivemos esse mesmo incidente durante o campeonato asiático. Informamos aos técnicos e jogadores que entre partidas quer dizer do momento em que o atleta arremessou a sua última bola do jogo anterior e o momento em que ele se levanta para jogar a sua próxima partida sem causar atrasos ao jogo.

    Espero ter ajudado esclarecer as dúvidas.

  16. Charles Robini

    24 de setembro de 2012 at 09:43

    Karla,
    Na verdade o que ocorreu foi totalmente diferente do mencionado. Eu jogava na pista que o Tuca cometeu o erro na partida anterior e ela já tinha quebrado e eu tive que esperar para jogar o último frame. Após 40 minutos eu consegui terminar a partida, sendo assim TODOS OS ATLETAS DA 1 DIVISÃO já estavam esperando a um bom tempo, ou seja, ele teve mais de 40 minutos para mudar a superfície de sua bola. Ao acabar a linha todos mudaram de pista, o Márcio Vieira que estava na mesma pista que ele realizou o primeiro tiro e a pista quebrou novamente, então o atleta mudou a superfície da bola. Isso é totalmente diferente da interpretação da regra. Você não pode mudar a superfície da bola após esperar 40 minutos e DEPOIS DE UM ATLETA JOGAR O PRIMEIRO TIRO NEH.
    Não estou mencionando que foi de má fé a atitude do Tuca Maciel, mas assim como eu agi por achar que estava dentro das regras e FUI PUNIDO, ele TAMBÉM deve ser punido.
    A regra existe e deve ser cumprida, ninguém está colocando a integridade de ninguém em jogo, mas me explica porque ele como ATLETA no brasileiro individual do ano passado ME PUNIU E AGORA NÃO QUER PUNIÇÃO? Só porque ele é diretor Técnico? Tem que ser punido IGUAL A TODOS.

  17. Chico Bonacina

    24 de setembro de 2012 at 13:31

    Olá gente

    Isso tudo deve ser para o bom andamento e crescimento de nosso Boliche,
    nunca devemos brigar somente por causas próprias mas pela coletividade,
    a Marlene Bonacina está confirmada, parabéns para ela.

  18. Francisco Eberl

    24 de setembro de 2012 at 13:39

    Um absurdo essa convocação, principalmente do Adulto Masculino.
    Há um divisor de aguas chamado IDADE (respeito obrigatório) e esse tem que ser preservado.
    Não é um querer jogar no Adulto, Senior , Super Senior,
    como lhe for mais conveniente ter como parceiros no approach.
    Onde está o Eduardo Issa ??? o Tarik El Kadri ???
    Isso é marmelada da pior especie.
    Como dito, a campeã na Bahia deve fazer parte da convocação mas na sua FAIXA DE IDADE.
    Quando digo que vcs estão matando o boliche como algo sério
    só tem duvidas quem não conhece o que se faz NA PISTA,
    não na quantidade de vezes que se vai À PISTA. Abs, uma pena ter que escrever isso.
    Está na hora de mudança séria mesmo na CBBOL.

  19. Renan Zoghaib

    24 de setembro de 2012 at 13:44

    Não entendi o que quis dizer com o “divisor de águas chamado IDADE…” Mr Eberl…

    • Francisco Eberl

      25 de setembro de 2012 at 00:31

      Amigão, IDADE é quantos anos vc tem e como ela (idade) se aplica nas convocações. Um exemplo ilustrativo, na impossibilidade de desenhar: até 49 anos, 11 meses e 29 dias vc é ADULTO. Dos 50 aos 59 anos, 11 meses e 29 dias você é SÊNIOR, e dai para a frente vc é SUPER SÊNIOR. Acho que eu estou correto nos “divisores de águas” Mr. Zoghaib. Sem essa de ESCOLHER ficar em uma ou outra. A idade é dura mas é a idade… Abs, vc está jogando o “fino” (não vá me perguntar o que é “fino” pq ai eu vou apelar com vc kkkk).

      • Giba Assam

        25 de setembro de 2012 at 04:34

        Olha só, e eu achando que você estava aposentado…
        Continua didático e paciente, que inveja!!!
        Grande abraço.

      • Sarah Guterman

        25 de setembro de 2012 at 21:22

        Francisco, parabéns pela sua colocação!!!
        Em resumo, cada um no seu quadrado!!!

  20. Karla Redig

    24 de setembro de 2012 at 15:31

    Charles, o Tuca tem direito a mexer na bola até o momento em que ele for para o approach fazer o primeiro arremeso.. se demorou 1 minuto ou 40 minutos, o tempo não faz diferença.. é o princípio da coisa.. a regra realmente não é clara, mas segundo o Danny falou, é isso que vale.

  21. Charles Robini

    24 de setembro de 2012 at 16:08

    Karla,
    Dessa vez vou ser obrigado a não concordar com você. Eu já joguei inúmeros torneios internacionais e a regra é a seguinte. Quando uma partida acaba, existe um intervalo de mudança de pista e existe uma lugar designado para a mudança de superfície de bola em que você tem o tempo até o APITO DO ÁRBITRO QUE INDICA O INÍCIO DA PARTIDA para fazer a mudança. Após esse início não pode ser realizada nenhuma mudança. Imagina só o que vocês estão falando, eu sou o último a jogar e jogam dois jogadores na minha frente, eu faço a leitura com os tiros deles e lixo minha bola antes da minha vez! EU ESTARIA LEVANDO VANTAGEM sobre os outros neh. Segundo o que consta no email, o caso mencionado é o seguinte. Nos jogos asiáticos uma pista demorou para terminar e o motivo não é mencionado, com essa demora todos puderam logicamente preparar a sua bola, menos a atleta que estava jogando, então ao acabar sua partida (inclusive ele usa o termo STEP UP que siginifica acelerar) a atleta teve que realizar a mudança rápida e um tempo extra para preparar sua bola.
    Imagina se a regra permitisse que um atleta mudasse de superfície depois de você ver um jogador jogando SERIA UM ABSURDO não acha?
    A pergunta é simples para a entidade.É PERMITIDO A ALTERAÇÃO DA SUPERFICIE DA BOLA ENTRE AS PARTIDAS E NÃO DURANTE. A partir do momento que o jogador começa, automaticamente fica proibida a mudança de pista.
    Agora uma pergunta se a minha pista demorou 40 minutos para terminar porque o atleta Tuca Maciel não mudou a superficie da bola dele nesse tempo e só depois que o Márcio Vieira jogou o primeiro frame? Desculpa isso mostra desrepeito a regra e TEM QUE SER PUNIDO.

  22. Titila Alvarez

    24 de setembro de 2012 at 18:21

    Mantive-me primeira do ranking sênior por muito tempo mas, infelizmente,
    não pude participar do Brasileiro Individual por conta de uma cirurgia
    (coisa de quem é sênior mesmo) o que me desqualificou para o Sulamericano.
    Parabéns as que se classificaram e boa sorte a todos!
    Titila

  23. Sarah Guterman

    25 de setembro de 2012 at 00:29

    Eu também já estou confirmada e já comprei passagem!!!

  24. Carlos Eduardo Ladeira

    25 de setembro de 2012 at 03:34

    Collor também conclamou seu povo, para uma passeata com as cores do Brasil.
    Mas, mal sabia ele, que a maioria estava de luto.

  25. Paulo Soares

    25 de setembro de 2012 at 11:06

    É com muito prazer que vou representar o meu Pais.

  26. Francisco Eberl

    25 de setembro de 2012 at 22:30

    E ai, turma? Saiu uma convocação CORRETA? aBS

  27. Sarah Guterman

    26 de setembro de 2012 at 22:20

    Gente, só para esclarecer
    Eu fui a Salvador disputar uma vaga na seleção Brasileira Sênior.
    A Tininha foi a Salvador disputar uma vaga para a seleção Brasileira Super Sênior. Essa opção foi exigida, no momento da inscrição, para todas as jogadoras.
    Três jogadoras se inscreveram em cada categoria.
    Por um equívoco do representante da CBBOL na interpretação da NORMABOL, as duas categorias, sênior e super sênior foram agrupadas, com o critério de número mínimo de competidoras em eventos.
    A NORMABOL permite a quebra dessa regra, de número mínimo de jogadores, quando se tratar de eventos em categorias especiais, como juniores, seniores, etc.
    Portanto, na realidade, a Tininha deveria ter sido consagrada campeã super sênior e eu, que fiquei em segundo lugar, deveria ter sido consagrada como campeã sênior.
    Um equívoco da CBBOL, pelo qual eu não posso ser punida, com a perda da vaga que conquistei nas pistas.
    Ademais, não vejo nenhum demérito em defender nosso país na categoria super sênior, que aliás dará muito mais chances para para a Tininha, que é uma grande jogadora, de obter mais medalhas para o nosso Brasil.
    Quando eu chegar aos 60 anos, defenderei meu país no super sênior com a mesma garra que defendo hoje no sênior e que sempre defendi.

    • Denise Duprat

      26 de setembro de 2012 at 23:45

      Exatamente. Parabéns aos convocados e TODOS devem cobrar obediencia as regras,
      e – se necessário – escrever, assinar, etc, etc. Precisamos de muita ordem e respeito.
      Como não tenho desejo de ser atleta de ponta, tento não mais me aborrecer com o desrespeito aos atletas de outras divisões…
      Se a regra do SÊNIOR é a idade logicamente esta tem que ser O critério.
      Se existem outros, deveriam ser claros… Como TUDO mais.
      Uma pergunta – não existe reserva feminino no super senior?

  28. Sarah Guterman

    3 de outubro de 2012 at 12:26

    VOLUNTÁRIA:
    Já que aparentemente serei desconvocada da seleção sênior e diante do fato de já ter comprado as passagens BSB/SP/BSB e também de ter disponibilidade para viajar, pois estarei de férias no meu trabalho, me ofereço como voluntária no sul-americano, porém, não tendo local para ficar em São Paulo, preciso saber se posso dividir algum quarto com alguém da seleção, sem custos adicionais, bem como se terei direito a auxílios alimentação e transporte.
    Att.

  29. Peninha Choairy

    3 de outubro de 2012 at 18:12

    Até agora esperei uma definição satisfatória da CBBOL, referente ao Sul-Americano.

    Conforme divulgado anteriormente, houve um Brasileiro de Sênior e Super-Sênior na Bahia, (torneio classificatório para o Sul Americano), onde os campeões estariam com vaga assegurada.

    Segundo o diretor técnico da CBBOL, sr. Tuca Maciel, a pontuação alcançada neste torneio faria parte do Ranking Oficial da CBBOL, e a segunda vaga seria do melhor ranqueado em setembro. A CBBOL convocou jogador que não participou da classificatória, e esqueceu de ATUALIZAR MEU RANKING, pois segundo as regras oficiais do Ranking Brasileiro, tenho direito a cinco melhores resultados obtidos dentro do período de 52 semanas. Como participei de um Brasileiro de Super-Sênior, devidamente HOMOLOGADO pela CBBOL, onde consegui em torno de 102,20 pontos(atualizados), minha pontuação correta é de 409,36, em vez de 374,06 hoje computados. Portanto, quero ter meus direitos atendidos e defender o Brasil no Sul-Americano.

    Com a palavra a CBBOL e todos os bolicheiros do Brasil.

    Peninha Choairy

    • Jamil

      3 de outubro de 2012 at 20:18

      Peninha, o Brasileiro de 2011, no qual eu me classifiquei para o Pan de Medellín, NÃO FOI HOMOLOGADO e o deste ano também não seria – como não o foi. Sua reclamação somente se justificaria se tivéssemos um ranking específico.

  30. peninha choairy

    4 de outubro de 2012 at 09:00

    QUE EU SAIBA, SÓ EXISTE UM RANKING OFICIAL DA CBBOL, E SE O CRITÉRIO DE CONVOCAÇÃO FOI O MESMO DE 2011, OS CONVOCADOS SERIAM: OSCAR MARIM, GERALDO COUTO, E PENINHA CHOAIRY(RESERVA). ESCREVI NO “MURAL” TAMBÉM, A RESPEITO DO ASSUNTO.

  31. peninha choairy

    4 de outubro de 2012 at 09:24

    Complementando, o Classificatório da BAHIA, FOI HOMOLOGADO(vide coluna RESULTADOS) conforme informe “Resultados completos da 4ª rodada(FINAL).

  32. Décio Abreu

    5 de outubro de 2012 at 12:15

    Nem sabia que estava rolando tudo isto. Fico até contente de estar afastado. Acho que falta simancol e visão da realidade para alguns, infelizmente. Mas, em todo caso, boa sorte, espero que tenhamos novos nomes de campeões sul americanos este ano para se juntar ao Marcio Vieira, Renato Castellões, Luiza Rocha, Marcelo Suartz, Titla Alvarez e Décio Abreu.

  33. Décio Abreu

    5 de outubro de 2012 at 16:24

    Obrigado pela info. Em que ano elas foram campeãs sul americanas?

    • Francisco Eberl

      7 de outubro de 2012 at 23:41

      Décio, que mal te pergunte, porque de fato não sei, como o Tarik El Kadri, super senior, trouxe 3 medalhas (duas de ouro) de Medellin e não está listado ou convocado? Abs

  34. Décio Abreu

    5 de outubro de 2012 at 16:32

    Já vi que a Stephanie foi campeã em 2008.

    • Lucas Camargo Rodrigues

      5 de outubro de 2012 at 18:33

      Décio,

      a Roberta ganhou a fase Master em 2007 no Rio e em 2011 em Bogotá. Mas entendi agora que vc esta considerando apenas os Sulamericanos de Seleções e os títulos dela foram no de Clubes. Salvo engano a Stéphanie foi campeã juvenil em Medellib 2011 também.

      Abraço!

  35. Décio Abreu

    6 de outubro de 2012 at 15:33

    Continuo sem entender porque o campeão brasileiro individual adulto não tem vaga na seleção do sul americano. Fica a dúvida se preferiu-se garantir as vagas dos melhores colocados no ranking, prevenindo-se que algum jogador (como aconteceu) “furasse” as convocações já praticamente garantidas. Sempre as dúvidas ficam no ar. Porque não agir de forma clara? Se em todas as outras categorias o CB teve vaga garantida, porque no adulto agiu-se de forma diferente?
    abs

  36. Décio Abreu

    6 de outubro de 2012 at 15:34

    Com eliminatórias não tem lugar para estas “dúvidas”….

  37. Francisco Eberl

    7 de outubro de 2012 at 23:40

    A coisa está ruim demais… tem melhores como reserva, tem melhores não convocados, tem meia idade no adulto, tem velho no meia idade, uma confusão que só quem fez essa convocação pode explicar. Ninguém se toca? Construindo um castelo no meio da favela? Parece uma “Grande Familia”… Abs e, Sarah Guterman, vc foi a grande prejudicada. Bj na testa.

    • Lucas Camargo Rodrigues

      8 de outubro de 2012 at 09:05

      Francisco, entendo que tais questionamentos não levam a nada.

      Por que tem Sênior entre os adultos? Porque o Márcio provou dentro dos critérios definidos que ainda é um dos 4 melhores do Brasil nesta categoria. Se outros que você julga serem melhores (e eu talvez até concorde com você) não lá estão é porque não provaram tal superioridade dentro dos critérios definidos.

      O Tarik não se classificou, mesmo tendo um ótimo histórico no último sulamericano mas, salvo engano, ele jogou a eliminatória e se não classificou é por que outros mereceram mais.

      Se formos apenas por histórico de medalhas, muitos outros não poderiam ficar de fora. E aí teríamos que formar uma dezena de seleções…

      • Charles Robini

        8 de outubro de 2012 at 10:34

        Lucas e todos,
        O único equívoco seu foi em relação ao RANKING. Estar entres os 4 primeiros não quer dizer NADA porque NÃO demonstra quem GANHA NAS PISTAS, visto que o ranking favorece quem JOGA TODOS OS TORNEIOS. Eu por exemplo de 6 torneios que tenho válido no ranking, ganhei do Tuca Maciel em 5 oportunidades e diga-se de passagem com LARGA VANTAGEM! e mesmo assim o CONVOCADO foi o Tuca Maciel.
        Resumindo. Os critérios NÃO SÃO CLAROS, os regulamentos não são cumpridos e TUDO CAMINHA DE ACORDO COM OS INTERESSES DA CBBOL. Apenas para conhecimento de todos, eu fui informado pelo próprio presidente da CBBOL via uma ligação telefônica que eu fiz ao mesmo que após uma reunião em Brasília, (detalhe é que não existe ATA dessa reunião) com alguns presidentes de federações presentes, que a seleção seria formada pelos 3 primeiros do ranking + uma convocação técnica que seria do Marcelo Suartz com todo o direito por ele conquistado. Após ele indeferir sua participação por motivos de trabaho, o regulamento sumiu e o presidente da CBBOL convocou o seu atual Diretor Técnico sem CONSULTAR NINGUÉM, visto que após o presidente da CBBOL enviar um email confirmando algumas convocações, A PRIMEIRA PESSOA A NÃO CONCORDAR com a convocação foi o outro diretor técnico, Juliano Oliveira, ou seja, o SEU DIRETOR TÉCNICO NEM FOI CONSULTADO. EU TENHO TODAS AS CÓPIAS DOS EMAILS QUE ESTÃO PRESENTES TAMBÉM A MAIORIA DOS PRESIDENTES DAS FEDERAÇÕES. O presidente da CBBOL convocou o seu diretor sem CONSULTAR NINGUÉM. Agora virou ditadura. DALE HUGO CHAVEZ!!! HAHAHAHA
        O que vocês acharam do comunicado da CBBOL dizendo que a mesma não possui a verba necessária para realizar o torneio. Como assim? O presidente está a um ano no comando e descobre a um mês do campeonato que a verba que possui não é suficiente. Que tipo de administração é essa? A única saída para a CBBOL é uma nova eleição.
        Qualquer pessoa que queira tomar conhecimento das decisões sem qualquer explicação da CBBOL, apenas me avise que vou encaminhar os emails.

        Um abraço a todos.

  38. peninha choairy

    8 de outubro de 2012 at 11:15

    Senhores, a NORMABOL existe desde dezembro de 2000, mas não tem sido cumprida. Basta segui-la para dirimir as dúvidas existentes.
    Caso esteja desatualizada para alguns, é necessário modificá-la URGENTEMENTE.

    • Lucas Camargo Rodrigues

      8 de outubro de 2012 at 19:03

      Charles, eu concordo com você em relação ao que o ranking reflete porém o critério é esse. Sei que você jogou 6 torneios pq é inviável viajar o ano inteiro a todos os torneios conciliando com trabalho. Uma pena que o ranking seja falho e tenha te punido por isso. Acho que não cabe reclamar agora e sim trabalhar em cima de uma futura mudança da fórmula do ranking ou de uma possível eliminatória.
      Quanto a VT, entendo que ela tem caráter especial em relação ao Marcelo ou outro atleta comprovadamente superior que esteja no exterior, que é também o caso da Stéphanie no caso da desistência do Marcelo a vaga deixa de ser técnica e passa a seguir o ranking.
      Quanto aos emails, tenho conhecimento de todos eles, inclusive fui atrás do tal protocolo de intenções da Roberta pq disseram que ela ficaria de fora por ter confirmado o Panamericano da Kegel e não disputou. Que fique claro que ela nunca confirmou a participação em tal torneio que inclusive nem consta no tal protocolo.

  39. Décio Abreu

    8 de outubro de 2012 at 11:22

    Francisco, não tinha visto sua pergunta. Sobre o Tarik, não vejo problema não convocar ganhadores de medalhas nos eventos passados. Se assim fôsse, alguns teriam vaga vitalícia. Tem que estar em forma também, não é só tradição. Mas temos vários absurdos, como o Renato, campeão brasileiro em 2010 adulto e campeão sul americano adulto, ser reserva no sênior. Ora, se tem vaga técnica em algumas categorias, não pode deixar um absurdo destes passar. E muitos outros casos, que não quero citar para não parecer pessoal. Mas estou mesmo cismado com a não convocação do Flavio no adulto. Minhas suspeitas, para mim, são certeza. Quando interessa, tem VT, não tem CB. Quando a categoria não interessa à diretoria técnica, tem CB mas não tem VT.

  40. bruno

    8 de outubro de 2012 at 15:29

    Eu so não entendo a razão do Presidente da CBBOL não utilizar o site para explicar cada uma das duvidas acima . Ele é presidente , pode comandar por oficio como faz , mas nossa comunidade é tão pequena e desinformada que ele poderia pegar um pacotão de duvidas e responder aqui .Qual o problema ?

  41. Heloisa Castellões

    11 de outubro de 2012 at 14:41

    Para todos os interessados e jogadores de boliche poderiamos fazer um abaixo assinado convocando o nosso novo ministro do STF JOAQUIM BARBOSA que diga-se de passagem é correto e coerente. Para fazer uma varredura nas normas e regras da CBBOL. Tem mais de 23 anos que convivo neste ambiente e sempre é a mesma ladainha, então deveria ser a diretoria da CBBOL formada por pessoas que não estivessem na atividade esportiva de boliche para cumprir todas as regras e normas.
    PARA TERMOS UM CONVÍVIO PRAZEROSO COMO A ANOS ATRÁS.
    UM ABRAÇO A TODOS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *