TAÇA BRASIL DE SELEÇÕES DE BOLICHE

Histórico da Taça Brasil de Seleções de Boliche

Taça Brasil de Seleções de Boliche: registros dos campeões e atletas participantes desde 1996.

As informações foram coletadas em publicações antigas, pesquisadas na Internet e gentilmente cedidas por fãs do esporte Boliche, aos quais agradecemos as preciosas colaborações.

Caso encontre alguma informação incompleta ou incorreta neste Almanaque do Boliche, por favor clique aqui e registre uma mensagem ou a envie para boliche@boliche.com.br

# ANO/LOCALSELEÇÕES CAMPEÃS MASCULINAS
28.ª 2016 (SP)São Paulo: Mauro Sato, Pedro Diniz, Nilson Diniz, Nilson Wada, Márcio Rossato e Renato Kim
27.ª 2015 (RJ)Rio de Janeiro: John Júnior, Eduardo Bastos, Paulo Feijó, Bruno Cabeça, Adilson Balthazar e Alexandre Marques
26.ª 2014 (RJ)São Paulo: Mauro Sato, Antonio Torres, Rodrigo Dawadji, Nilson Wada, Márcio Rossato e Naná Miyabara
25.ª 2013 (SP)São Paulo: Naná Miyabara, Mauro Sato, Felipe Rezende, Rodrigo Dawadji, Antônio Torres e Renato Kim
24.ª 2012 (RJ)São Paulo: Flávio Alonso, Antonio Torres, Licínio Coelho, Tarik El Kadri, Ademir Medina e Renato Kim
23.ª 2011 (RJ)Mato Grosso do Sul: Márcio Testa, Antonio Meneghini, Hédio Liebich, Edimar Marques, Renato Chaia e Gaúcho Gastão
22.ª 2010 (SP)São Paulo:  Mário Farias, Cléo Duarte, Cristian Poveda, Flávio Alonso, Marcelo Malheiros e Celso Barata
21.ª 2009 (MG)Minas Gerais: Márcio Gontijo, Juan Jr, Reinaldo Tanaka, Rogério Sad, Gilmar Sebe e Leo Barao
20.ª 2008 (RJ)Minas Gerais: Ernest Mitchel, Gilmar Sebe, Rogério Sad, Reinaldo Tanaka, Maurício Gastin e Renato Vilela
19.ª 2007 (SP)São Paulo: Geraldo Couto, Chico Chaves, Franz Monteiro, Márcio Guico, Naná Miyabara e Hiro Shigenaga
18.ª 2006 (MG)Minas Gerais: Beto Moleda, Adiran Alves, Márcio Gontijo, Mário Okumura, Gilmar Sebe e Marcão Barrozo
17.ª 2005 (MG)São Paulo: Igor Pizzoli, Naná Miyabara, Mário Farias, Caio Pizzoli, Eduardo Issa e Ademir Medina
16.ª 2004 (SP)São Paulo: Ademir Medina, Chico Chaves, Paulo Chiedde, Geraldo Couto, Beto Callegas e Marcelo Mazzi
15.ª 2003 (SP)São Paulo: Chico Chaves, Valdecir Montti, Eduardo Issa, Duda Premoli, Igor Pizzoli e Paulo Chiedde
14.ª 2002 (SP)São Paulo: Ademir Medina, Duda Premoli, Feliph Rosa, Hiro Shigenaga, Paulo Chiedde e Zadir Castilho.
13.ª 2001 (SP)Distrito Federal: Fernando Vasconcelos, Claudio Orem, Antonio Carlos, Hermindo Gonçalves, Ratão Antunes e Lineu de Paula
12.ª 2000 (PR)São Paulo: Eduardo Picolo, Paulo Chiedde, Massao Teruya, Miguel Tschirk, Mário Farias e Duda Premoli
11.ª 1999 (DF)Rio de Janeiro: Eduardo Bastos, Rodrigo Pinto, José Júlio, Almir Vasconcelos, Fábio Soares e José Carlos
10.ª 1998 (DF)São Paulo: Paulo Soares, Mário Farias, Moreira D'Avila, Bira Teodoro, João Walter e Duda Premoli
9.ª 1997 (DF)Distrito Federal: Guy, Luiz Afonso, Roberto Lanna, Luciano, Enio e Jun Ito
8.ª 1996 (DF)Rio de Janeiro: Toninho Carvalho, Bruno Lopes, Fernando Cals, José Carlos e Rogério Mattos
7.ª 1995 (SP)São Paulo: Ademir Medina, Sussumu, Ron, Armino, Eduardo Siqueira e Chico Chaves
6.ª 1994 (SP)Rio de Janeiro: Marcelo Carvalho, Portella, Mário Tavares, e
5.ª 1993 (RJ)(não disponível)
4.ª 1992 (MG)(não disponível)
3.ª 1991 (SP)(não disponível)
2.ª 1990 (MG)Minas Gerais: Tiago, Maurício, Oswaldo, César, Wellington e Décio
1.ª 1989 (SP)São Paulo: Mário Valbom, Magalha, Marcelo Espíndola e Toninho Santos

As Seleções Femininas não participaram de todas as edições da Taça Brasil de Seleções

# ANO/LOCALSELEÇÕES CAMPEÃS FEMININAS
5.ª 2003 (SP)Distrito Federal: Luiza Rocha, Silvia Rufino e Heloisa Queiroz
4.ª 2002 (SP)Distrito Federal: Heloisa Queiroz, Luiza Rocha e Sarah Guterman.
3.ª 1998 (DF)Rio de Janeiro: Margit, Gisele e Ilse
2.ª 1997 (DF)Pernambuco: Dayse, Rosane e Virgínia
1.ª 1996 (DF)Rio de Janeiro: Vera Cals, Maria Alice e Lívia

A instituição Boliche Brasil

Confederação Brasileira de Boliche a qual, até 2016, era conhecida como CBBOL agora é denominada Boliche Brasil.

É uma sociedade civil de caráter desportivo sem fins lucrativos.

Foi fundada em 1.º de dezembro de 1993, após o desmembramento da modalidade Boliche da Confederação Brasileira de Desportos Terrestres.

O Boliche Brasil é reconhecido e vinculado ao Comitê Olímpico Brasileiro – COB, membro da World Bowling – Confederação Mundial de Boliche, PABCON – Pan American Bowling Confederation, CSB – Confederación Sudamericana de Bowling e Filiada à CIByB – Confederación Iberoamericana de Bowling y Bolos.

A Missão da instituição

Fazer do boliche um dos esportes mais praticados no Brasil, oferecendo suporte a toda comunidade esportiva brasileira.

Visa unir a comunidade do Boliche brasileiro, incentivando a prática esportiva em todos os níveis.

Para tanto aplicará os princípios de transparência, honestidade e disciplina.

Ainda fomentará o desenvolvimento do esporte, com respeito ao praticante e combatendo toda e qualquer forma de discriminação.

As Federações Estaduais

As Federações de Boliche ligadas ao Boliche Brasil são as seguintes:

Federação Baiana de Boliche

Federação Catarinense de Boliche

Federação de Boliche do Mato Grosso

Federação de Boliche do Mato Grosso do Sul

Federação de Boliche do Rio de Janeiro

Federação de Boliche do Rio Grande do Sul

Federação de Boliche de Santa Catarina

Federação Gaúcha de Boliche

Federação Mineira de Boliche

Federação Paraense do Boliche

Federação Paulista de Boliche

Federação Pernambucana de Boliche

Federações Inativas:

Federação Capixaba de Boliche

Federação Goiana de Boliche

Federação Paranaense de Boliche

CONTATOS

Boliche Brasil (CBBOL)

Site: www.bolichebrasil.com.br

E-mail: contato@bolichebrasil.com.br

Fone: +55 (61) 3340-1340